Boxe: Abner Teixeira e Beatriz Ferreira avançam às quartas do Torneio de Strandja

0
69
boxe brasileiro garantiu mais dois representantes nas quartas de finais - Arquivo/IBA

O boxe brasileiro garantiu mais dois representantes nas quartas de finais do Torneio de Strandja, em Sófia, na Bulgária. Nesta quarta-feira (22), Abner Teixeira (+92kg) venceu o australiano Teremoana Teremoana, enquanto Beatriz Ferreira (60kg) superou a chinesa Yang Chengyu para avançar na competição. Tatiana Chagas (54kg) e Yuri Reis (63,5kg) também competiram no dia, mas perderam.

boxe brasileiro garantiu mais dois representantes nas quartas de finais – Arquivo/IBA

Abner Teixeira conquistou sua segunda vitória no Strandja Tournament e manteve a longa sequência de invencibilidade, que dura desde 2021. Contra Teremoana Teremoana o brasileiro teve um começo de luta duro, mas deslanchou no final para sair vitorioso. Abner venceu o primeiro round na opinião de quatro juízes e ganhou o segundo para três árbitros. Na última parcial, aumentou a intensidade e soube explorar o cansaço do adversário para confirmar o triunfo.

Dessa forma, Abner Teixeira se garantiu nas quartas de final da categoria acima de 92kg. Ele está a uma nova vitória de garantir um lugar no pódio na competição. Na próxima fase, o medalhista olímpico vai enfrentar o francês Dini Djamili, em luta programada para acontecer na tarde desta quinta-feira (23).

Já Beatriz Ferreira fez sua estreia na competição e venceu de forma dominante. A vice-campeã olímpica se impôs sobre a chinesa Yang Chengyu desde o início e conseguiu a vitória por decisão unânime. Garantida nas quartas de final, ela agora enfrentará a indiana Simranjit Kaur Baatth, que passou pela australiana Scanlon Danielle na estreia. A luta está programada para acontecer na manhã de sexta-feira (24). Vale destacar que Bia foi campeã da última edição que participou do Torneio de Strandja, em 2021.

Outros brasileiros

Outros brasileiros em ação nesta quarta-feira perderam nas oitavas de final. Yuri Reis (63,5kg) vinha de vitória na estreia, mas perdeu para o alemão David Gkevorkian por decisão dividida, após um combate equilibrado. Já Tatiana Chagas (51kg) perdeu para a búlgara Stanimira Petrova, campeã mundial em 2014, em sua estreia. A atleta da casa levou vantagem em todos os rounds e venceu por decisão unânime dos juízes.

O Brasil tem seis atletas ainda vivos no Torneio de Strandja, que é um dos mais antigos e tradicionais do boxe internacional. Além de Abner Teixeira e Beatriz Ferreira, Caroline Almeida (50kg) e Jucielen Cerqueira (57kg) estão nas quartas de final, enquanto Luiz Oliveira (57kg) e Keno Marley Machado (92kg) estão nas oitavas.