Bruno Gazani estreia com vitória no GLORY 70; Groenhart fatura cinturão interino meio-médio

No final, a vitória ficou com Gazani por decisão dividida dos árbitros - Foto: Divulgação/Glory
No final, a vitória ficou com Gazani por decisão dividida dos árbitros – Foto: Divulgação/Glory

Lyon recebeu o GLORY 70 na noite de sábado. Recheado de emoções, o card da cidade francesa também trouxe a estreia do peso-leve (até 70kg) brasileiro Bruno Gazani contra o lutador local Michael Palandre.

Apostando pesado na tática de pressionar desde o começo, o kickboxer paulista logo angariou vantagens com boas combinações de ganchos e chutes nas pernas. Acuado, o francês tentava descontar com diretos e joelhadas, mas a dificuldade em achar a distância o fez terminar o round em desvantagem.

Na segunda parcial, Gazani acertou um cruzado limpo e mandou o adversário à lona, mas o árbitro não interpretou como knockdown e as ações seguiram mais equilibradas. No assalto final, Palandre se impôs com mais eficiência. No melhor momento, acertou bom chute alto no brasileiro, que absorveu o golpe e seguiu pressionando até o gongo. No final, a vitória ficou com Gazani por decisão dividida dos árbitros.

“Estou satisfeito com minha performance. Usamos muita coisa do que treinamos, e isso sempre reforça a sensação de dever cumprido. Quero voltar ao ringue do GLORY o mais rápido possível para provar que o Brasil agora tem um nome de peso entre os leves da organização”, disse o brasileiro.

Letal

No combate principal, o holandês Murthel Groenhart disputou o cinturão interino dos meio-médios (até 77kg) contra o norte-americano Troy Jones (que substituiu o campeão linear Cedric Doumbe, lesionado, com apenas duas semanas de antecedência).

O começo foi de estudo e marcado por disputa acirrada de jabs. No segundo round, Groenhart foi mais incisivo e logo conseguiu o primeiro knockdown, com um cruzado de direita. Na volta, não deu tempo para Jones se recuperar, e uma saraivada de socos e joelhadas decretaram a vitória por nocaute técnico.

Próximos eventos:

Dia 22 e 23/11 – GLORY 71 e 72, em Chicago (EUA).
Dia 7/12 – GLORY 73, em Shenzen (China).
Dia 21/12 – GLORY Collision 2 – Arnhem (Holanda).

 No Brasil, o GLORY sempre é transmitido AO VIVO via Youtube (Preliminares e Super Fight Series), e exclusivo no DAZN (Série Numerada).

GLORY 70 – Resultados oficiais:

Murthel Groenhart venceu Troy Jones por KO
Donovan Wisse venceu Jason Wilnis por decisão unânime
Zakaria Zouggary venceu Abdellah Ezbiri  por KO
Bruno Gazani venceu Michael Palandre por decisão dividida
Nordine Mahieddine venceu Kirill Kornilov por decisão dividida
Matej Penáz venceu Yassine Ahaggan por TKO
Jamie Bates venceu Vedat Hoduk por decisão unânime
Mohammed Hendouf venceu Guerric Billet por decisão dividida
Thong Fairtex venceu Masaya Kubo por decisão unânime
Cedric Do venceu Mehdi Kadapor TKO
Anaëlle Angerville venceu Maria Lobo por decisão unânime
Said Ahamada venceu Yoann Mermoux por decisão unânime