Demian Maia pede luta contra Diego Sanchez no UFC São Paulo: ‘Talvez seja a última’

Demian Maia chegou à 21ª vitória no UFC ao superar Anthony Rocco Martin nesse fim de semana em Minneapolis. Aos 41 anos de idade, o brasileiro agora está atrás apenas de Michael Bisping, que possui 23 triunfos na organização. Em entrevista ao canal oficial do evento logo após a luta, Demian pediu uma vaga na próxima edição do Ultimate no Brasil.

“Gostaria de fazer a próxima luta em São Paulo, em novembro, contra o Diego Sanchez, que vem pedindo para lutar comigo há algum tempo. Talvez seja a última, não sei… talvez eu encerre este ano, talvez eu faça duas lutas ano que vem. Vai depender de como eu estiver me sentindo e do UFC também”, projeta.

Em relação à marca atingida, o faixa-preta de Jiu-Jitsu fez questão de reforçar sua representatividade.

“Isso representa muito para mim. Com 41 anos ainda estou defendendo a bandeira do Jiu-Jitsu brasileiro e provando que é uma arte marcial para se lutar em qualquer idade, que é boa para saúde, você não se machuca, você pode ver que eu tomo poucos golpes. Meu maior presente é poder levar essa bandeira lá para cima.”