Dois cinturões em duas semanas! Líder da RFT comemora conquistas de pupilos no MMA

0
163
Cromado entre os pupilos - Foto: Divulgação

As últimas semanas foram de glória para a RFT. Nos últimos dois fim de semanas, a equipe conquistou dois cinturões em grandes eventos de MMA. Jefferson Toddynho, que faturou o título dos leves da LFA, e Brena Cardozo, campeã dos moscas do Jungle Fight, foram os autores desses feitos. E, como não poderia ser diferente, Marcio Cromado, líder da equipe, festejou essas vitórias.

Cromado entre os pupilos – Foto: Divulgação

Jefferson Toddynho é uma das promessas da RFT. O carioca, que ainda está invicto no MMA após 11 apresentações, teve seu maior momento na carreira, quando nocauteou Gabriel Costa, na LFA que aconteceu no último dia 3 de novembro, e chegou ao lugar mais alto da organização.

“A luta dele foi uma guerra. A gente já conhecia o Gabriel e sabia que ele era muito agressivo. Nosso objetivo era impor o nosso ritmo, com o Toddynho andando o tempo todo para frente, mas o Eduardo Simões, treinador do Gabriel, fez uma boa estratégia e nos surpreendeu impondo um ritmo mais forte no primeiro round. Mas o Toddynho conseguiu segurar o ímpeto do Gabriel, derrubou, mas foi um round duro. Mas no segundo a gente sabia que, quando o Toddynho colocasse o ritmo dele, o Gabriel não ia segurar. E foi o que aconteceu, com o Toddynho conseguindo o nocaute”, destacou, Cromado.

Com a conquista do cinturão da LFA, Toddynho agora se coloca em uma boa situação para realizar seu sonho de chegar ao UFC. O evento em que agora é o campeão é uma espécie de porta de entrada para o Ultimate e, por isso, Cromado está na expectativa para seu pupilo chegar a maior organização de MMA do mundo e logo se destacar na elite do esporte.

“Eu sempre disse que o Toddynho era um diamante bruto que estávamos lapidando. E estamos conseguindo chegar no nosso objetivo. Esse cinturão da LFA é apenas o início. O grande objetivo é chegar ao UFC, e tenho certeza que ele vai chegar lá e se manter no evento. Toddynho é um garoto muito humilde, educado e que tem todo o suporte da família. Além de lutar, ele ainda continua estudando (cursando a faculdade de Educação Física), o que também é muito importante. O Toddynho é um cara do bem e tem bom coração. Eu vejo que ele terá um grande futuro. E quando chegar ao UFC, ele vai atrás do cinturão”, explicou.

Além de Toddynho, a RFT também teve outro motivo para comemorar. No último dia 29 de outubro, a lutadora Brena Cardozo, que representa a equipe MSP e lapida seu chão com Marcio Cromado na RFT, faturou o título dos moscas do Jungle Fight ao superar Layze Cerqueira por decisão unânime. Ciente do carro-chefe de Layze, que era a luta agarrada, a atleta fez a preparação deste combate nas instalações da equipe carioca.

“Eu e o professor Bruno Grigolli somos responsáveis pela parte de chão da equipe MSP e o cinturão da Brena Cardozo veio três semanas depois que começamos esse trabalho com as meninas da equipe. Montamos uma boa estratégia e, graças a Deus, ela conseguiu trazer esse cinturão do Jungle Fight”, finalizou.