Hérnia tira Jessica Bate-Estaca da estreia do UFC Paris, revela treinador

0
183
Bate-Estaca na vitória sobre Amanda Lemos, em abril deste ano (Jeff Bottari/Zuffa LLC)
Bate-Estaca na vitória sobre Amanda Lemos, em abril deste ano (Jeff Bottari/Zuffa LLC)

Jessica “Bate-Estaca” Andrade substituiria Katlyn Chookagyan contra a francesa Manon Fiorot no UFC Paris, em 3 de setembro. Porém, foi divulgado nesta semana que a brasileira ficaria fora do card, mas não se sabia o motivo. En entrevista ao PVT, o treinador Gilliard Paraná contou que a lesão é uma hérnia na coluna.

“Ela começou a sentir dores muito fortes nas costas e após os exames a fisioterapeuta disse para ela manter três semanas de descanso total, o que significaria menos de um mês de camp para um desafio tão difícil, então decidimos deixar o card e focar 100% na recuperação”, disse o líder da PRVT.

A luta seria no peso mosca. Segundo Paraná, mesmo com Jéssica em 4º lugar no peso mosca e 6º no peso palha, o foco está no palha. “O UFC sabe que pode contar com a gente, mas acreditamos que a divisão perfeita para Jessica é o peso palha. Há grandes lutas a serem feitas. Com toda estrutura e suporte que temos aqui em Las Vegas, não tenho dúvidas de que, em breve, ela ser a rainha dessa divisão”, finalizou Gilliard.