Hugo Cunha e Jefferson Nascimento são os novos campeões do LFA

0
205
Hugo Cunha e Jefferson Toddynho foram os destaques do LFA 171 - LFA Brasil

O LFA 171, realizado nesta sexta-feira (3/11), no município paulista de Cajamar, consagrou dois novos campeões: Hugo Cunha, nos pesos pesados; e Jefferson “Toddynho” Nascimento, que conquistou o cinturão interino dos pesos leves.

Hugo Cunha e Jefferson Toddynho foram os destaques do LFA 171 – LFA Brasil

Na luta principal, Hugo Cunha encarou o então campeão Eduardo “Bebezão” Neves, que foi ligeiramente superior em um primeiro round de bastante estudo entre os dois pesos pesados, desenvolvido todo em pé.

O segundo começou totalmente diferente, com “Bebezão” colocando Cunha sentado na lona após um soco certeiro. O desafiante não se abalou, voltou em pé e investiu em seu wrestling de alto nível para derrubar o adversário.

Já no solo, Hugo Cunha montou e atacou “Bebezão” no ground and pound, mas foi um golpe de jiu-jítsu, mais precisamente um katagatame, que definiu o combate a favor do carioca, aos 4:25 deste segundo round.

Com o triunfo, o novo campeão peso pesado do LFA agora soma um cartel de oito vitórias e apenas um resultado desfavorável. De todos os seus triunfos, quatro foram por nocaute ou nocaute técnico e os outros quatro por finalização.

A disputa do cinturão interino dos leves foi ainda mais emocionante. O primeiro round entre Jefferson “Toddynho” Nascimento e Gabriel “Pitbull” Costa também foi estudado, mas com movimentação em pé.

O segundo começou a mil. Em um momento de trocação franca, Jefferson “Toddynho” conseguiu surpreender Gabriel “Pitbull” com uma sequência de socos que o fez cair de costas na grade.

Sem dar brecha, “Toddynho” foi desferindo socos até a interrupção do árbitro, aos 24 segundos da etapa. Agora campeão interino dos pesos leves do LFA, o carioca se mantém invicto, com um cartel de 11 vitórias em 11 lutas, 63% por via rápida.

Embora não tenha valido cinturão, a vitória avassaladora de Marcio “Ticoto” Barbosa sobre Gian Sarturi, por nocaute técnico no primeiro round, manteve o peso-pena amapaense em evidência, podendo aproximá-lo de um contrato com o UFC.

Ainda pelo card principal, Marcos “Tailandês” Degli, José Augusto “Gugu” e Michael “PQD” Oliveira também se destacaram com suas vitórias. No preliminar, destaque para os triunfos de Gabriel Silva, Ryan Gandra e Lucas Camacho.

Confira abaixo os resultados completos do evento:

LFA 171
Cajamar, São Paulo
3 de novembro de 2023

Hugo Cunha finalizou Eduardo Neves com um katagatame aos 4:25 do R2
Jefferson Nascimento venceu Gabriel Costa por TKO aos 0:24 do R2
Márcio Barbosa venceu Gian Sarturi por TKO aos 3:08 do R1
Marcos Degli venceu Alisson Murilo por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28)
José Augusto venceu Richard Jacobi por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27)
Michael Oliveira venceu Antônio Eduardo por TKO aos 0:31 do R1
José Ochoa finalizou Juscelino Pantoja com um triângulo de mão aos 4:38 do R1
Gustavo Henrique venceu Demison Rodrigues por desqualificação (chute ilegal) aos 1:16 do R3
Gabriel Silva venceu Carlos H. Marques por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28)
Ryan Gandra venceu Alessandro Gambulino por TKO aos 2:38 do R2
Lucas Camacho venceu Guilherme Uriel por TKO aos 4:28 do R1
Geovanis Palácios venceu Gabriel Ramos decisão unânime (30-26, 30-26, 30-27)
Lany Silva venceu Sarah Barwick por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-26)