Jessica Andrade e Paraná avaliam confronto com Chookagian e prometem lutar em três divisões

No conexão PVT de ontem, Marcelo Alonso e Léo Fabri conversaram por quase uma hora com Jéssica Bate-Estaca e seu mestre Giliard Paraná.

Direto de Abu Dhabi onde enfrentará na co-luta principal do UFC Fight Night 180, no próximo sábado, a número um do ranking dos moscas Katlyn Chookagian, a ex-campeã dos palhas revelou como pretende neutralizar os quase 20 cm de vantagem na envergadura da americana, e disse que sonha em lutar, na sequência, com a campeã Valentina Shevchenko em caso de vitória.

“Contra a Valentina ou contra a Jennifer Maia, que me venceu em 2012. Ou seja, não faltam narrativas interessantes para o UFC”, garantiu a paranaense que não se furtou a dar seu pitaco na provável nova disputa do cinturão peso palha entre a campeã Wheli Zhang e a desafiante Rose Namajunas nesta que deve ser a próxima disputa de título na divisão peso-palha.

Seu treinador Giliard Paraná falou da mudança da equipe para Las Vegas e revelou que, apesar da crescente dificuldade de sua atleta em bater o limite dos palhas (52.2) sua ideia é manter Jéssica como única lutadora do plantel do UFC atuando em três divisões. “A Jéssica nunca conseguiu tomar suplementos e fez o que fez, imagina quando ela tiver a disposição toda a estrutura do PI e passar a levar a dieta a sério”.

Ao contrário da aluna que apostou no favoritismo da campeã Wheli Zhang contra Rose Namajunas em luta disputada, Paraná disse que o casamento favorece a americana e apostou que em caso de revanche em 5 rounds com Jéssica, Rose não chegará ao final da luta. “Infelizmente a Jéssica fugiu da tática que planejamos, se o UFC casar a trilogia numa luta de 5 rounds valendo cinturão, a Jéssica atropela”.

Paraná trouxe a tona ainda possibilidade da campeã ter usado golpes ilegais na vitória contra Jéssica. “O video está ai pra todo mundo ver, a Zhang acertou várias cotoveladas ilegais na nuca. Sinceramente não vejo a Jéssica perdendo para ela de nenhuma maneira se houver uma revanche”, finalizou o mestre Paraná.

Jéssica e Paraná falaram ainda de Borrachinha x Adesanya, dos fãs brasileiros e sugeriram o melhor plano tática para Jennifer Maia tentar acabar com o reinado de Valentinha Shevchenko. O vídeo na integra você pode ver abaixo.