‘Jokertine’ à brasileira: a influência da linhagem Carlson Gracie no principal golpe de Jack Hermansson

Hermansson tem o Jiu-Jitsu afiado pelo brasileiro Eduardo Teta Rios - Foto: Frontline
Hermansson tem o Jiu-Jitsu afiado pelo brasileiro Eduardo Teta Rios – Foto: Frontline

Após vencer Thales Leites, Gerald Meerschaert, David Branch e Ronaldo Jacaré, respectivamente, Jack Hermansson volta ao octógono na luta principal do UFC deste sábado, em Copenhague, na Dinamarca, para tentar fazer de Jared Cannonier a sua quinta vítima consecutiva.

Para tal, ele conta com uma arma bastante eficiente, e com origem no Brasil: a guilhotina ensinada por seu professor de Jiu-Jitsu, o brasileiro Eduardo Teta Rios, formado nos tatames da Brazilian Top Team. Em bate-papo com o PVT, o faixa preta de Ricardo Libório explicou a origem da posição, agora chamada de “Jokertine”, em alusão ao apelido do sueco, “The Joker”.

“É uma posição que eu gosto muito, sempre usei, aprendi com Murilo Bustamante e Ricardo Libório quando era garoto, faixa-azul. Mostrei para ele tem uns oito anos essa guilhotina; ele sempre trabalhou, mas está começado a pegar agora”, revelou Teta.

“Na verdade, ele começou a fazer Jiu-Jitsu para entender as transições do ground and pound, para bater, machucar, avançar posição e finalizar. E essa guilhotina caiu no jogo dele. Mas ele não tem só isso, tem outras armas também”, avisou o treinador.

Hoje entre os seis melhores da divisão dos médios do maior evento de MMA do mundo, nem sempre a vida de Jack Hermansson foram flores. Conforme contou Eduardo Teta, o sueco teve um início de carreira parecida com a de muitos lutadores brasileiros.

“O cara nem é o mais talentoso, mas é dedicado. Está na academia todos os dias, morou na academia durante um tempo, dava aula aqui para mim, trabalhou na recepção, trabalhou numa pet shop aqui perto… Vi esse cara ferrado de grana, catando latinha para comprar comida… passou por tudo isso. Até hoje ele é o primeiro a chegar e o último a sair da academia, faz tudo aqui na academia, até banheiro ele limpa, arruma tudo amarradão”, destacou.

UFC Copenhague

Dinamarca

Sábado, 28 de setembro de 2019

CARD PRINCIPAL (15h, horário de Brasília):

Peso-médio: Jack Hermansson x Jared Cannonier
Peso-leve: Mark Madsen x Danilo Belluardo
Peso-meio-médio: Gunnar Nelson x Gilbert Durinho
Peso-meio-pesado: Ion Cutelaba x Khalil Rountree
Peso-meio-pesado: Michal Oleksiejczuk x Ovince St.Preux
Peso-meio-médio: Nicolas Dalby x Alex Cowboy

CARD PRELIMINAR (12h, horário de Brasília):

Peso-médio: Alen Amedovski x John Phillips
Peso-médio: Alessio Di Chirico x Makhmud Muradov
Peso-meio-médio: Siyar Bahadurzada x Ismail Naurdiev
Peso-pena: Brandon Davis x Giga Chikadze
Peso-galo: Macy Chiasson x Lina Lansberg
Peso-leve: Marc Diakiese x Lando Vannata
Peso-galo: Jack Shore x Nohelin Hernandez