Kaynan ‘Bahia’ mantém o cinturão peso leve do Jungle Fight

0
274

Kaynan “Bahia” Kruschewsky manteve a coroa dos leves do Jungle Fight. O baiano radicado em São Paulo defendeu o cinturão neste sábado ao nocautear Thierry Lucas na luta principal da 115ª edição do maior evento de MMA da América Latina.

O campeão dominou o centro da arena Jungle desde os primeiros momentos de luta, acuando o desafiante na grade e, de forma estratégica, aplicando combinações que incluíam chutes nas pernas e socos.

Os quatro primeiros rounds foram de total caça de Kaynan “Bahia”. Em raros momentos, Thierry Lucas se arriscava para golpear. O campeão seguiu com a estratégia e, round a round, foi magoando as pernas do desafiante.

Kaynan Bahia manteve o cinturão dos leves – Foto: Leonardo Fabri

Thierry Lucas até voltou mais agressivo para o quinto round, mas já era tarde. Com mais alguns impiedosos chutes nas pernas, Kaynan fez com que o adversário caísse e não conseguisse mais continuar na luta, decretando o nocaute técnico.

Esta foi a 14ª vitória de Kaynan “Bahia” na carreira, a primeira defendendo o cinturão. Ao todo, o atleta da Revira Black Team anota agora quatro nocautes e oito finalizações em seu currículo – além de dois reveses, ambos no exterior.

Ao melhor estilo Jungle Fight, a 115ª edição do evento foi recheada de nocautes e finalizações. Das 13 lutas realizadas, apenas duas foram para a decisão; seis foram definidas por nocaute, quatro por finalização e uma por desqualificação.

Caíque “Dark” Araújo precisou de apenas 12 segundos para vencer Rafael “Karate” de Almeida, pelos pesos-galos. Pupilo de Charles Do Bronx, Mateus Andrade finalizou Michael de Oliveira com um triângulo, também pelos galos.

“Foi um verdadeiro show, dentro e fora do cage. O público lotou o ginásio antes do evento começar, fez barulho durante as lutas e só saiu depois da última luta. São Paulo se solidifica cada vez mais como a capital do MMA”, destacou Wallid Ismail.

“O próximo será aqui novamente, dia 27/05. Será mais um show. Já começamos a trabalhar no card, vamos colocar mais cinturões em jogo e dar mais oportunidades. Obrigado, prefeito Ricardo Nunes e vereador George Hato”, completou.

Confira abaixo os resultados completos do evento:

Jungle Fight 115
São Paulo, SP
29 de abril de 2023

Kaynan Kruschewsky venceu Thierry Lucas por nocaute técnico aos 2:08 do R1

Lucas Campos venceu Mailson Rodrigues por nocaute técnico aos 4:06 do R1

Thiago Ivan venceu Átila Camargo por decisão unânime (29-27, 29-26, 29-27)

Caíque “Dark” Araujo venceu Rafael “Karate” de Almeida por nocaute técnico aos 0:12 do R1

Daniel Bulldog venceu Rodrigo Miag por decisão unânime (30-27, 30-27, 29-28)

Sabrina Demétrio venceu Bianca Moura por nocaute técnico aos 4:48 do R1

Manoel “Lorinho” da Silva venceu Vítor Hugo Zmith por finalização aos 2:19 do R1

Willians “The Dark Joker” Nogueira venceu Kaysson Pereira por desclassificação (golpe ilegal) a 1:54 do R3

Nathan Pitbull Barbosa venceu Zaqueu Rodrigues de Oliveira por finalização aos 4:03 do R2

Mateus Andrade venceu Michael de Oliveira por finalização no R1

Laura Vasconcelos Vieira venceu Adrielly “Espartana” Araújo por nocaute técnico a 1:50 do R1

Leonardo Sabino venceu Gabriel Roque por nocaute técnico aos 3:48 do R1

Jessyan Bebê venceu Kaique dos Santos por finalização aos 2:27 do R1