ONE: Bianca Basílio encara japonesa e faz planos para migrar para o MMA

0
104
Bia Basílio luta nesta sexta-feira - Divulgação

Multicampeã na arte suave e uma das melhores competidoras da atualidade, Bianca Basílio está de volta ao ONE Championship. No dia 3 de maio, a bicampeã Mundial de Jiu-Jitsu e campeã do ADCC fará uma luta casada de grappling contra a japonesa Nanami Ichikawa, em evento que será realizado no Lumpinee Boxing Stadium, em Bangkok, na Tailândia. A paulista fará a sua terceira luta na organização asiática e está animada com a oportunidade de mostrar novamente o seu talento para o mundo.

Bia Basílio luta nesta sexta-feira – Divulgação

“Eu estou muito feliz de poder fazer essa luta no ONE. Eu gosto muito de competir, então quanto mais eu lutar, melhor para mim. Eu estou treinando muitas coisas novas, especialmente no Wrestling e no No Gi, e quero colocar em prática nessa luta. Nos treinos está dando tudo certo, e quero que dê certo nessa luta contra a Ichikawa também. Quero conseguir mostrar mais do meu Jiu-Jitsu para todo mundo”, disse Bia.

Vindo de revés para Tammi Musumeci em luta que valia o cinturão da categoria, a faixa-preta de Jiu-Jitsu sabe que este combate contra a japonesa é uma boa oportunidade de dar a volta por cima. Bia garante que estudou bem o jogo de sua adversária, que é faixa-preta de Jiu-Jitsu e de Judô, e aposta em uma vitória por finalização.

“Eu assisti algumas lutas dela e vi que ela joga mais passando a guarda do que por baixo fazendo guarda. Então, vai ser uma guerra muito boa, porque eu gosto de jogar fazendo guarda, mas eu passo guarda e trabalho bem as quedas, e por isso eu acredito que será uma luta bem movimentada. O meu objetivo é colocar para baixo. Como a luta não vale pontos, só a finalização, eu estarei preparada para lutar os 10 minutos. Mas espero finalizar a luta o mais rápido possível. Na minha última luta eu finalizei em 47 segundos e pode ser que isso aconteça mais rápido ainda nesta luta. Eu vou entrar para finalizar essa luta. Esse é o meu objetivo”, disse Bia.

Transição para o MMA

Aos 28 anos, Bianca Basílio construiu uma carreira de sucesso no Jiu-Jitsu conquistando títulos de expressão como o Mundial da IBJJF e o ADCC. Mas ela não quer parar por aí. Além de ainda sonhar em conquistar o cinturão de grappling do ONE Championship, ela planeja migrar para o MMA ainda este ano.

“Eu tenho a ambição de entrar no MMA. Eu acredito que essa será a continuação da minha carreira. Eu amo lutar e vai ser mais uma forma de levar o Jiu-Jitsu para um nível diferente. Eu sei que tenho capacidade, habilidade e muita vontade de fazer acontecer. Eu já estou treinando, mas tudo tem o tempo certo. Mas em breve eu tenho certeza que isso vai acontecer. Daqui para o final do ano eu quero fazer duas lutas de MMA. Quero estrear no profissional e mostrar o que eu posso fazer com o meu Jiu-Jitsu no MMA. Acredito que vou surpreender muita gente, não apenas com o meu Jiu-Jitsu, mas mostrando que eu posso ser uma ótima striker também”, concluiu.