PM do Rio abraça o Jiu-Jitsu e campeonato interno bate recorde de participações

Os três tatames foram utilizados durante a maior parte do dia - Foto: Leonardo Fabri
Os três tatames foram utilizados durante a maior parte do dia – Foto: Leonardo Fabri

Nessa quinta-feira, mais de 400 policiais militares praticantes de Jiu-Jitsu competiram na 4ª edição do campeonato interno da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, a primeira sob a chancela da Secretaria de Estado de Polícia Militar, realizada no Centro de Educação Física e Desportos (CEFD), no bairro de Sulacap. Na disputa por equipes, o primeiro lugar geral ficou com o Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP), seguido por Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), CEFD, Batalhão de Choque e 11º Batalhão de Polícia Militar.

“Em 2019, graças ao apoio do comando da PMERJ, tivemos o resgate de diversas competições esportivas, como natação, futsal, basquete, dentre outros. Essa motivação melhora a condição física de nossos policiais, ajuda na redução do estresse desses profissionais e possibilita uma ampla confraternização entre os níveis hierárquicos. Vale destacar que, no universo do jiu-jitsu, temos ainda um ganho quanto às técnicas utilizadas nos métodos de defesa de nossos policiais”, destacou o tenente-coronel Henrique, comandante do CEFD e um dos maiores entusiastas da arte suave na PMERJ.

Um dos coordenadores dos projetos de Jiu-Jitsu da polícia do Rio, organizador e tetracampeão da competição interna, o sargento Vinicius Alkaim vibrou com o sucesso de mais uma edição e exaltou o entusiasmo dos policiais militares, dentre eles homens e mulheres, experientes e iniciantes na modalidade.

“Foi nossa primeira edição pela secretaria e conseguimos bater mais um recorde, que foi a participação de 88 unidades de polícia, ou seja, aumentou a disputa por unidades, descentralizou o número de competidores na corporação em geral. E isso é excelente, porque incentiva cada vez mais a prática de exercícios e capacita o policial na questão da defesa pessoal, que é indispensável no dia a dia”, explicou o faixa-preta.

Ação solidária

Assim como nas edições anteriores, novamente a parceria solidária da organização com Legião da Boa Vontade, Super Rádio Brasil e Prime Esportes arrecadou centenas de quilos de alimentos. Ao todo, foram registrados cerca de 1 tonelada, que será distribuído às famílias atendidas pela LBV e aos atendidos pela Diretoria de Assistência Social da corporação.