Promessa do MMA brasileiro é assassinado em Juiz de Fora-MG

Glyan Alves era campeão do Juiz de Fora Fight e do Shooto Brasil – Foto: Leonardo Fabri

O lutador de MMA Glyan Alves, 25 anos, foi assassinado a tiros na madrugada da última terça-feira, 17, em Juiz de Fora-MG, onde morava. Considerado uma das grandes promessas brasileiras na divisão até 61kg, o mineiro foi campeão dos tradicionais eventos Shooto Brasil e Juiz de Fora Fight. 

Segundo informações do pai e treinador de Glyan Alves, mestre Santos Rocha, homens encapuzados dispararam várias vezes contra o atleta, que chegou a ser levado ao hospital, mas acabou não resistindo após sofrer cinco paradas cardíacas. 

Consternado pelo ocorrido, Santos Rocha conversou brevemente com a reportagem do PVT e afirmou que ainda não sabe quem pode ter tirado a vida de Glyan e nem os motivos do crime. 

“Eu perdi meu campeão. Ficar com raiva não vai trazer ele de volta, então eu até já perdoei quem fez isso com ele”, lamentou, fazendo um único pedido. “Coloca uma foto bem bonita do meu filho na matéria.”

*Escrito por Lucas Moreira.