Robert Drysdale levanta polêmicas sobre a origem do Jiu-Jitsu no Brasil e relembra principais conquistas da carreira

https://youtu.be/gDjH1mC0TuA

O campeão mundial de Jiu-Jitsu e do ADCC Robert Drysdale está produzindo um documentário sobre a origem do Jiu-Jitsu no Brasil. Durante o RESENHA PVT da última quarta-feira, 22, o lutador abordou alguns pontos que serão resgatados na produção intitulada “Closed Guard”; entre eles, a possiblidade de Carlos Gracie não ter conhecido Mitsuyo Maeda, o Conde Koma, pessoalmente.

De acordo com apurações feitas pela equipe de produção do documentário, Conde Koma formou pelo menos cinco brasileiros: Waldemar Lopes, Rafael Gomes, Guilherme De La Roque, Matheus Pereira e Jacinto Ferro; este, que veio a ser o principal aluno de Koma. Em artigo do jornal “O Globo” da época, Donato Pires dos Reis, aluno de Ferro, colocou em xeque a versão propagada por Carlos Gracie.

“Ele (Donato) fala nessas palavras: ‘Nem ao menos o conhece’”, revelou Drysdale, que, além de lutador, também é formado em História.

“Isso não é um ataque aos Carlos. As pessoas às vezes não entendem e querem dar um tiro no mensageiro. Quem falou foi o Donato, não eu. O Donato certamente foi professor do Carlos”.

Apesar da reparação, ele faz questão de destacar a importância dos irmãos.

“Sem o Carlos não teria Jiu-Jitsu, sem o Hélio… acho que teria sido tudo Judô. Se não é a família Gracie, a gente estaria treinando Judô hoje, não teria tido a revolução, o UFC”, deixa claro.

Patrocinado por um milionário investidor checheno, o documentário tem previsão de lançamento entre junho e agosto. A princípio, a plataforma utilizada será o Youtube, por ser mais popular; entretanto, a decisão ainda não foi oficializada.

Na resenha, Robert Drysdale também criticou o movimento chamado American Jiu-Jitsu; comentou as recentes declarações de Keenan Cornelius; relembrou a finalização sobre Marcelinho Garcia, que lhe rendeu o título absoluto do ADCC, no ano de 2007; sua passagem pelo UFC; e a aposentadoria precoce no MMA mesmo ostentando um invicto cartel de sete vitórias, todas por finalização, em oito lutas.

Assista abaixo a RESENHA PVT com Robert Drysdale na íntegra:

https://youtu.be/Uu-u3EcONXk