Shooto Brasil 95 coloca dois títulos em jogo no Rio de Janeiro

Evento desta sexta-feira, dia 6, no Rio de Janeiro, conta com a disputa de título peso-galo feminino entre Sidy Rocha e Dayane Silva - Foto: Shooto Brasil
Evento desta sexta-feira, dia 6, no Rio de Janeiro, conta com a disputa de título peso-galo feminino entre Sidy Rocha e Dayane Silva – Foto: Shooto Brasil

A noite desta sexta-feira, dia 6 de setembro, promete fortes emoções no cage do Shooto Brasil. A 95ª edição do evento, que acontece na ViVi Arena, na Zona Sul do Rio de Janeiro, coloca em disputa dois cinturões e conta com outros oito duelos que prometem. Sidy Rocha e Dayane Silva se encaram na briga pelo título da categoria dos galos feminino (até 61,2kg). No co-main event da noite, Luan Danger e Marcone Muniz lutam pelo cinturão da divisão dos super-moscas (até 59kg). O evento tem início a partir de 20h com transmissão ao vivo do Canal Combate.

Na tarde desta quinta-feira, dia 5, foi a realizada a pesagem oficial na Academia Upper, também na Zona Sul carioca. Com um clima de muita tranquilidade e respeito entre os atletas, os protagonistas da noite, Sidy Rocha e Dayane Silva não tiveram problemas com a balança e marcaram os 61kg exatos da categoria peso-galo. Representantes da co-luta principal, Luan Danger e Marcone Muniz também confirmaram o duelo pelo título ao marcarem 59kg e 59kg, respectivamente.

Sidy Rocha e Dayane Santos são as grandes protagonistas da noite do Shooto Brasil 95. Elas brigam pelo título vago após a ida de Lara Procópio para o UFC. Aos 41 anos, Sidy Rocha chega com experiência de sobra e in cartel de nove vitórias e cinco derrotas. Sua última luta foi justamente contra Lara, no Shooto. Já Dayane Silva possui um cartel de sete vitórias e apenas quatro derrotas. Natural de Nova Iguaçu, no Rio, ela vem de participação recente no Dana White’s Contender Series, ele vai em busca do triunfo em sua estreia para entrar para história do Shooto Brasil.

No segundo duelo mais importante da noite Luan Danger e Marcone Muniz disputarão o título dos super-moscas. A fluminense Luan chega para a disputa com a bagagem de campeão da categoria. Com um cartel de 10 vitórias e seis derrotas, o atleta da BPT defende seu título pela terceira vez. Já o brasiliense Marcone Muniz carrega um currículo parecido com o do adversário, mas com menos revezes. São 10 triunfos e apenas duas derrotas. Aos 36 anos o lutador defende uma invencibilidade de sete lutas seguidas.

O card do Shooto Brasil conta com outros oito combates. Os destaques são os duelos entre Caio Cocão e Rangel de Sá, além da presença de Fernando Tourinho no duelo diante de Daniel Ribeiro.

Shooto Brasil 95

Data: Sexta-feira, 06 de setembro de 2019

Horário: 20h (Ao vivo no Canal Combate)

Local: ViVi Arena

Endereço: Rua Bibiano Pereira da Rocha n° 2-A – Flamengo, Rio de Janeiro

Card de lutas

Até 61kg: Sidy Rocha (Rocha Top Team) vs Dayana Silva (Nova União)

Até 59kg: Luan Danger (BPT) vs Marcone Muniz (Cerrado MMA)

Até 74kg: Caio “Cocão” Fernandes (LC Team) vs Rangel “Anaconda” de Sá (Rizzo RVT/LB)

Até 59kg: Daniel “Mudinho” Ribeiro (TF Team) vs Fernando Tourinho (Nova União MPBJJ)

Até 63,5kg: Eddy Silva (War Machine MMA) vs Nico Barna (Baixinho MMA)

Até 70kg: Ugo Monstro (Russão Muay Thai) vs Clemente Soto Jr (Nova União MPBJJ)

Até 57kg: Lucas “Xaropinho” (Mamute Team) vs Felipe Queiroz (BTT)

Até 52kg: Edna “Trakinas” Oliveira (Rocha Top Team) vs Evelin “Vampira” Gomes (MSP/ Associação Boxe Thai)

Até 74kg: Márcio Kick (BPT) vs Antonio Eduardo “Sassarito” (Nova União)

Até 61kg: Felipe Oliveira (Ribas Family) vs Léo Jason (Baixinho MMA)