Vídeo: Assista ao nocaute de Gilbert Durinho sobre o ídolo Demian Maia

No duelo entre especialistas em Jiu-Jitsu no UFC Brasília, no último sábado, melhor para Gilbert Durinho, que soube se defender das investidas de Demian Maia e definiu com um preciso cruzado de direita no queixo do compatriota. Após o knockdown, Durinho tentou não continuar golpeando, mas diante da decisão do árbitro de não interromper a luta, se viu obrigado a desferir mais alguns golpes. 

“Ali eu senti o nervosismo de estar batendo num cara que eu sempre tive como ídolo. Ali foi uma hora que eu dei uma travada. O juiz mandou continuar, eu joguei as pernas dele para o lado e ele não fez nada e eu tive que bater. Me machucou um pouco fazer aquilo ali. É um sentimento que eu nunca tive, foi estranho”, descreveu Gilbert Durinho. 

UFC Brasília

14 de março de 2020

Charles do Bronx finalizou Kevin Lee com uma guilhotina no R3

Gilbert Durinho venceu Demian Maia por nocaute técnico no R1

Renato Moicano finalizou Damir Hadzovic com um mata-leão no R1

Nikita Krylov venceu Johnny Walker por decisão unânime

Francisco Massaranduba venceu John Makdessi por decisão unânime

Brandon Moreno venceu Jussier Formiga por decisão unânime

Amanda Ribas venceu Randa Markos por decisão unânime

Elizeu Capoeira venceu Alexei Kunchenko por decisão unânime

Rani Yahya e Enrique Barzola empataram por decisão majoritária

Maryna Moroz venceu Mayra Sheetara por decisão unânime

David Dvorak venceu Bruno Bulldoguinho por decisão unânime

Bea Malecki venceu Veronica Macedo por decisão unânime