Vídeo: Demian Maia explica finalização sobre Ben Askren e aponta Diego Sanchez como próximo alvo

Deu Jiu-Jitsu no clássico contra o Wrestling na luta principal do UFC Singapura, realizado no último final de semana. Com um mata-leâo no terceiro round, o brasileiro Demian Maia apagou o wrestler olímpico Ben Askren, anotou a terceira vitória consecutiva, a 22ª na história do Ultimate – apenas uma atrás do recordista, Donald Cerrone -, e ultrapassou Royce Gracie no número de finalizações, com 11 no total.

Agora, na busca pela quarta vitória seguida, ele já tem um alvo na mira: “O Diego Sanchez me chamou para lutar por alguns anos. Ele quer fazer essa luta. Eu aceitei. Ele me mandou um tuíte uma vez alguns anos atrás, mas nunca aconteceu. Vamos ver. Seria bacana ter uma luta com um veterano antes de eu me aposentar”, disse o faixa-preta em entrevista ao canal oficial do UFC.

Outro brasileiro que teve o braço levantado a edição foi o peso pesado Raphael Bebezão. Em sua segunda luta no UFC, ele se recuperou da derrota na estreia e, por decisão unânime, levou a melhor sobre Jeff Hughes. Argentino radicado no Brasil, Laureano Staropoli não teve o mesmo sucesso e acabou sucumbindo diante de Muslim Salikhov, por decisão unânime.

UFC Singapura

26 de outubro de 2019

Demian Maia finalizou Ben Askren com um mata-leão no R3
Stevie Ray venceu Michael Johnson por decisão majoritária
Beneil Dariush finalizou Frank Camacho com um mata-leão no R1
Ciryl Gane finalizou Don’Tale Mayes com uma chave de tornozelo no R3
Muslim Salikhov venceu Laureano Staropoli por decisão unânime
Randa Markos venceu Ashley Yoder por decisão dividida
Rafael Fiziev venceu Alex White por decisão unânime
Movsar Evloev venceu Enrique Barzola por decisão unânime
Sergei Pavlovich venceu Maurice Greene por nocaute técnico no R1
Loma Lookboonmee venceu Alexandra Albu por decisão dividida
Raphael Bebezão venceu Jeff Hughes por decisão unânime