Vídeos: a despedida de Werdum, o fim da trilogia Shogun x Minotouro e o nocaute de Massaranduba

A despedida de Fabrício Werdum do octógono foi ao seu melhor estilo. Pior para Alexander Gustafsson, a última vítima de sua vitoriosa trajetória no UFC. Com uma atuação sem correr riscos, o ex-campeão dos pesados levou o sueco para o chão e o obrigou a bater com um armlock com pouco mais de dois minutos de luta, a sua última do contrato com a organização. Ainda no UFC desse final de semana, realizado na Ilha da Luta, em Abu Dhabi, outros sete brasileiros entraram em ação. Na luta principal, o ex-campeão Robert Whittaker venceu Darren Till por decisão unânime. 

No encerramento da trilogia entre Maurício Shogun e Rogério Minotouro, uma nova vitória do curitibano, que ampliou o placar do confronto para 3 a 0. Entretanto, assim como na última luta entre eles, em 2015, o resultado foi bastante contestado. Para dois jurados, o ex-campeão do Pride e do UFC foi melhor ao longo dos três rounds, enquanto, apenas para um deles, o baiano levou vantagem.

O veterano Francisco Massaranduba, 41 anos, anotou a terceira vitória seguida. Com força e disposição de um menino, o piauiense levou a melhor sobre Jai Herbert, garantindo a vitória com um nocaute no terceiro round.

O meio-médio Alex Cowboy parece realmente ter voltado aos trilhos. Após amargar três vitórias consecutivas, ele emplacou, nesse final de semana, a segunda vitória em sequência. A vítima da vez foi Peter Sobotta, dominado pelo brasileiro, que teve o braço levantado numa decisão unânime. 

A peso-palha Marina Rodriguez, superada pela ex-campeã Carla Esparza por decisão dividida; o peso pesado Raphael Bebezão, nocauteado por Tanner Boser no segundo round; e Bethe Corrêa, derrotada por Pannie Klanzad, foram os outros representantes do Brasil no card. 

UFC Ilha da Luta 3

Abu Dhabi

26 de julho de 2020

Robert Whittaker venceu Darren Till por decisão unânime
Maurício Shogun venceu Rogério Minotouro por decisão dividida
Fabrício Werdum finalizou Alexander Gustafsson com um armlock no R1
Carla Esparza venceu Marina Rodriguez por decisão dividida
Paul Craig finalizou Gadzhimurad Antigulov com um triângulo no R1
Alex Cowboy venceu Peter Sobotta por decisão unânime
Khamzat Chimaev venceu Rhys McKee por nocaute técnico no R1
Francisco Massaranduba venceu Jai Herbert por nocaute técnico no R3
Jesse Ronson finalizou Nicolas Dalby com um mata-leão no R1
Tom Aspinall venceu Jake Collier por nocaute no R1
Movsar Evloev venceu Mike Grundy por decisão unânime
Tanner Boser venceu Raphael Bebezão por nocaute técnico no R2
Pannie Kianzad venceu Bethe Correia por decisão unânime
Ramazan Emeev venceu Niklas Stolze por decisão unânime
Nathaniel Wood venceu John Castañeda por decisão unânime