Willian Colorado aplica belo nocaute, cala ginásio lotado e conquista cinturão do Jungle Fight

Sergipano venceu Deberson The Prince - Foto: Leonardo Fabri
Sergipano venceu Deberson The Prince – Foto: Leonardo Fabri

Willian Colorado é o novo campeão dos penas do Jungle Fight. O sergipano nocauteou Deberson “The Prince” Batista no segundo round pelo Jungle Fight no DAZN 101, que rolou na noite deste sábado (31) em Contagem, Minas Gerais. Colorado, que na pesagem garantiu que iria nocautear o seu adversário, cumpriu a promessa e levou para casa o cinturão que estava vago.

Após um primeiro round em que Deberson, empurrado por sua torcida, escapou de um estrangulamento nas costas e levou uma pequena vantagem, Colorado voltou mais concentrado e conseguiu aos 35 segundos aplicar um direto que levou o minero a knockdown e terminou o combate com socos no chão até a interrupção do juiz.

“Eu treinei para lutar com um cara destro, mas o meu oponente passou mal no dia da passagem e eu tive o meu adversário trocado. O Deberson é canhoto, atrapalhou um pouco o meu jogo no início, mas deu tudo certo. O The Prince é bom pra caramba, foi uma das melhores lutas que eu já fiz. Estou muito feliz. Eu sou o rei da selva. Eu falo que vou nocautear e faço. Nunca levei uma luta para a decisão dos juízes, venço todas por nocaute”, comemorou o mais novo campeão do Jungle.

Outro destaque da noite foi o mineiro Fernando “Ben 10”, que derrotou o sergipano Marcelo Guará. Depois de não bater o peso e ser punido com a perda de dois pontos, ele entrou para definir e conseguiu o nocaute sobre Guará em apenas um minuto de luta, encerrando uma sequência de seis vitórias seguidas do sergipano.

No nocaute mais bonito da noite, Kaique “King” conseguiu aplicar um belo chute alto e levar Max Gandra lona. Vale destacar também o triunfo de Nayara Maia, que chegou a sua terceira vitória no MMA e segue invicta após nocautear Larissa Miranda no segundo round.

“Estou muito feliz em ver os guerreiros da selva dando um show mais uma vez. Não posso deixar de agradecer ao prefeito Alexis de Freitas pelo grande apoio ao MMA. Muito obrigado ao prefeito e Contagem pela grande recepção”, declarou Wallid Ismail, presidente do Jungle Fight.

Confira abaixo os resultados completos do evento:

Jungle Fight no DAZN 101
Sexta-feira, 31 de janeiro de 2020
Contagem, Minas Gerais

Cinturão até 66kg:
– Willian Colorado (Team Alpha) venceu Deberson “The Prince” Batista (Team Maori) por TKO aos 35s do 2R;

Outras lutas:
Peso-pesado – Walter Chincho (Higen Team) venceu Ricardo Pinho (Black Belt) por TKO aos 2min30s do 1R;
61kg – Fernando Lourenço “Ben 10” (VF/ Reis Team) venceu Marcelo Guará (Team Guará/ Team Alpha) por nocaute a 1min do 1R;
77kg – Rafael “Cabeça” Souza (BH Rhinos) venceu Herculano Cula (Team Rocha) por TKO a 1min12s do 1R;
57kg – Eduardo “Chapolin” Henrique (Maquininha do Futuro) finalizou Robert Corêa (Company Gym MMA) com um mata-leão aos 3min45s do 1R;
66kg – Charlúcio da Silva Brasil (Sparta Neném Team) finalizou Marcos de Almeida “Tchaco Sanatório” (Tchaco Fight Team/ Pantera Negra) com um mata-leão aos 2min29s do 3R;
77kg – Moacir Cordeiro Rocha (Babuino Gold Team) derrotou Luiz Gordo Loko (Higen Team) na decisão dividida dos juízes;
66kg – João Oliveira (Team Borracha) finalizou Yuri Leite de Freitas (VF e Reis) com um triângulo de mão aos 57s do 1R;
84kg – Heider Caetano Martimiano (Rayder/ (VF eReis) venceu João Marcos (Gladiadores Fight Team) na decisão dividida dos juízes;
57kg – Nayara Maia (BH Rhinos) venceu Larissa Fernanda Gonçalves (Higen Team/ Ricardinho JJ) por TKO aos 2min47s do 2R;
66kg – Wanderson “Shaolin” Michel (BH Rhinos) finalizou Wallace “Itália” (Altamiro Fight) com um triângulo de mão aos 2min48s do 3R;
77kg – Kaique King (DFC/ Team Alpha) venceu Max Gandra (Gandra/ BH Rhinos) por nocaute aos 3min9s do 2R;
66kg – Daniel Henrique Costa Santos (GFT/ SombraTeam) venceu Rafael Biata (FT-BH) por nocaute a 1 min58s do 1R.