Após vender trufas, moradora da Cidade de Deus é campeã no principal torneio de Jiu-Jitsu da Europa

Gisele foi campeã no peso e no absoluto - Foto: Divulgação
Gisele foi campeã no peso e no absoluto – Foto: Divulgação

Moradora da Cidade de Deus, comunidade carioca que ficou famosa após o filme homônimo, a faixa-azul Gisele Constante Menezes Tavares, 17 anos, foi campeã no peso e no absoluto no Campeonato Europeu de Jiu-Jitsu da IBJJF, primeiro grande evento da modalidade em 2020, realizado no último final de semana, em Lisboa, Portugal. Filha de mãe motorista e pai lanterneiro e pintor, a aluna do projeto social Geração UPP tentou expressar o momento em palavras.

“Muito feliz por esta conquista. É uma emoção muito grande poder viver este momento, porque sei o quanto foi difícil chegar até aqui, tanto eu quanto meu mestre Raphael. Tiveram momentos que a gente pensou que não ia conseguir, mas graças a Deus deu tudo certo. Mais que isso: tivemos o resultado esperado, ser campeão peso e absoluto do Europeu. É uma alegria imensa”, vibrou a campeã. 

No campeonato, Gisele precisou passar por duas adversárias para ser campeã no peso e mais três para ser campeã no absoluto. Mas a luta começou bem antes, ainda no Rio, para custear as despesas da viagem a Portugal. Ela vendeu trufas, rifas e contou com a ajuda de incentivadores, incluindo seu professor, o faixa-preta Raphael Gouvêa, que exaltou a assistência que receberam por parte de amigos, instituições e empresas.

“Essa conquista foi Graças a pessoas como o Rodrigo Borboleta, Eduardo e seus amigos, que nos deram as passagens; ao Franklin; à LBV, do Brasil e de Portugal, que nos abençoaram com alimentação para três semanas, sem falar no carinho com que receberam a gente; Super Rádio Brasil, Prime Esportes, Boomboxe; PM do Rio, em nome da major Bianca, chefe dos projetos de Polícia Pacificadora; e a toda a Geração UPP, em especial aos faixas-pretas sargento Chagas Bola e cabo Fernando Pasche; a equipe Marcelo Team, além das empresas Bagcool, Fabiana Melo Festas, Kimonos Akira e LC Óticas”, destacou o professor voluntário, que também competiu no Europeu, conquistando o vice-campeonato em sua categoria.