Atletas batem o peso e disputas de cinturão estão confirmadas para a 100ª edição do Jungle

Pesagem aconteceu na tarde de hoje (27) no Anfiteatro da Ponta Negra, em Manaus - Foto: Leonardo Fabri
Pesagem aconteceu na tarde de hoje (27) no Anfiteatro da Ponta Negra, em Manaus – Foto: Leonardo Fabri

Tudo pronto para a centésima edição do Jungle Fight, que acontece este sábado (28) na Arena Poliesportiva Amadeu Teixeira, em Manaus, no Amazonas. Na tarde de hoje (27) aconteceu a pesagem dos atletas no Anfiteatro da Ponta Negra e todos os atletas bateram o peso de suas respectivas categorias. A única mudança no card aconteceu em uma das disputas de cinturão. Após bater o peso na pesagem oficial, Eduardo “Máquina da Dor”, que faria a sua terceira defesa de cinturão, não apareceu para a encarada promocional e foi retirado do card. Para o seu lugar entrou Klinger Pinheiro, que estava no card preliminar e acabou recebendo a chance de lutar pelo cinturão até 61kg contra o mexicano José Antonio Rodríguez.

Na disputa de cinturão até 77kg, o campeão Willker “Feijão” Lemos está confiante que conseguirá manter o título, e espera anotar a nova vitória na carreira para buscar uma oportunidade internacional. “Vou colocar o meu jogo em prática, colocar pressão e tenho certeza que vou conquistar um bom resultado para buscar voos mais altos”, disse Wilker.

Seu desafiante Alessandro Junior “Gambulino” acredita que a luta será uma guerra e promete dar o seu máximo para sair vencedor. “Eu não sei qual a estratégia dele, mas eu sei a minha. E amanhã vamos ver quem vai conseguir se impor e sair coroado com o cinturão”, analisou Gambulino.

Outra disputa de cinturão confirmada será entre a campeã Natália Silva, que coloca o título até 57kg em jogo, e Joice Mara. Fazendo a sua primeira defesa de cinturão, a mineira Natália Silva está confiante na manutenção do título. “Esse foi o melhor camp que eu já fiz. Então, estou muito confiante. Tenho certeza que será uma boa luta”, apostou Natália.

A desafiante Joice Mara, conhecida como Menina de Ouro, também está com a confiança lá em cima para o duelo. A amazonense, que está radicada no Rio de Janeiro há três anos e treina na PRTV com o mestre Gilliard Paraná e nomes como Jéssica Bate-Estaca e Priscila Pedrita, atletas do UFC, acredita na vitória. “É uma grande oportunidade para a minha carreira. Estou me sentindo muito bem e muito preparada”, contou Joice.

O Jungle Fight no DAZN 100 terá transmissão ao vivo na plataforma de streaming DAZN. Para assinar e conferir todas as lutas, clique AQUI. O primeiro mês de assinatura é grátis!

O card completo você só assiste no DAZN, mas os fãs de MMA poderão acompanhar também as seis primeiras lutas ao vivo no Canal Woohoo.

Os ingressos para o evento já estão a venda e podem ser adquiridos através do site: https://www.aloingressos.com.br/catalog/product/view/id/7118/s/jungle-fight-edic-o-100/

CARD COMPLETO:

Jungle Fight no DAZN 100

Manaus, no Amazonas

Sábado, 28 de dezembro de 2019

Cinturão até 61kg

– Klinger “Do Boxe” Pinheiro (MPBJJ/ Nova União) x José Antonio Rodríguez Serrano (Cleber BJJ MMA)

Cinturão até 77kg

– Willker “Feijão” Lemos (Team Nogueira) x Alessandro Junior “Gambulino” (Gordin Fight Team)

Cinturão feminino até 57kg

– Natália Silva (Team Borracho) x Joice Mara (PRVT)

Outras lutas

57kg – Matheus “Calabresa” (Chute Boxe Bauru) x Alexsandro Praia de Lima (Renovação Coari Team)

66kg – Willian “Colorado” (Dimitry Fight Center/ Team Alpha) x Geberson Coutinho (Clube Legião da Luta)

66kg – Arthur Martins de Castro (Carmem Casca Grossa/ CT JAPA) x Leandro “Cacique” Pereira (Carioca Team)

57kg – Rodrigo “Muralha” de Moura (Nock Down Team/ Team Xisto) x Davi Black (Power Kick/Team Alpha)

66kg – Leandro Oliveira (Chute Boxe Acre) x Max Douglas “Fúria” (SD System/ Checkmat)

77kg – Anderson “Astro da Maldade” (Dymitry Fight Center) x Ronildo Cabral (THF Team)

61kg – Breno Sombra x Eli Jones “Lorinho” da Silva (THF Team)

57kg – Ruan “Hunter” (Renovação Coari Team) x Raison “Moicano” (CT Vasconcelos)

61kg – Aluizio “Samurai” Cavalcante (Team Soares) x Maurício Freire de Almeida (Deo Academy)