Bellator: ‘Gugu’ comemora vitória e mira top 10 como próximo adversário

0
169
Gugu Barros anotou a segunda vitória no Bellator - Bellator

O peso meio-pesado José Augusto Azevedo Barros, o Gugu, voltou a sentir o sabor da vitória no Bellator. Na última sexta-feira (12), quando a organização americana desembarcou em Paris, na França, o atleta da Pitbull Brothers derrotou o italiano Simon Biyong por decisão unânime dos juízes e conquistou o segundo triunfo no cage circular. Apesar da felicidade pela vitória, Gugu se disse um pouco frustrado com a luta.

Gugu Barros anotou a segunda vitória no Bellator – Bellator

“Difícil expressar o que estou sentindo. Eu venci a luta, mas não sei ao certo como me sinto em relação a ela. Feliz por receber o cheque de vitória, claro, mas estou um pouco frustrado por ter feito uma luta chata. Eu estava pronto para fazer uma verdadeira guerra, mas meu oponente veio para amarrar a luta. Consegui machucar ele o tempo todo, e senti que ele estava dando tudo o que tinha para travar a luta”, disse Gugu.

Após a vitória, o baiano constatou uma lesão na mão e terá que passar por cirurgia. Ele projeta uns três meses de recuperação antes de pensar em voltar ao cage do Bellator. Apesar do tempo que terá que ficar afastado por conta da lesão, ele planeja voltar a lutar ainda este ano e já tem na mira um top 10 da divisão dos meio-pesados.

“Vou fazer uma cirurgia na mão ainda essa semana. O médico disse que são uns três meses de recuperação. Mas espero lutar em setembro ou outubro. Gostaria de enfrentar o Julius Anglickas por ele estar no top 10 do ranking da categoria. Eu pedi essa luta e ele gostou da ideia, faltou só o evento casar a luta. Além do Julius, tenho interesse em lutar contra o Luke Trainer também. Tem um hype grande em cima dele agora e acho que será uma boa luta para me dar mais visibilidade”, analisou Gugu.

Com a vitória da última sexta-feira, Gugu Azevedo soma agora um cartel de oito vitórias e quatro derrotas, além de um no contest (luta sem resultado). No Bellator são duas vitórias, uma por finalização e uma na decisão dos juízes, e duas derrotas.