Bruno Blindado treina com campeão mundial No Gi para enfrentar Chris Weidman

0
344

Mesmo vindo de uma sequência de quatro derrotas em cinco lutas no UFC, Bruno Blindado, que enfrenta Chris Weidman dia 30 de março, garante que nunca esteve tão motivado para retornar ao octógono. “Eu sou motivado por grandes desafios, meu objetivo sempre foi lutar contra os melhores. Chris Weidman é um ex-campeão, uma lenda do esporte, um cara que derrotou lendas como Anderson Silva, Lyoto Machida e Vitor Belfort. Se o UFC me escolheu para enfrentá-lo, é porque eles sabem que, ganhando ou perdendo, eu sempre entrego grandes lutas, buscando decidir o tempo todo’, revelou Bruno em uma entrevista exclusiva para o PVT.

Blindado após treino com Ceconi (Foto: Instagram)

Ciente das habilidades de wrestling e grappling de Weidman, Blindado já iniciou seu treinamento, indo de Curitiba para Criciúma para aprimorar suas habilidades de grappling com o ex-campeão mundial No Gi pela IBJJF, Henrique Ceconi (que perdeu o título após cair no antidoping).

‘Weidman é um lutador completo, mas acredito que ele tentará usar seu wrestling para evitar meu jogo de striking, então estou treinando duro com Wallace Sapo e Cecconi aqui em Criciúma para evitar isso e impor meu jogo, que é nocautear ele no primeiro ou segundo round. Conseguir minha 21ª vitória por nocaute contra Weidman seria realmente incrível’, deseja Bruno.

Blindado em treino com Wallace Sapo (Foto: Instagram)

Blindado também celebrou a vitória de seu parceiro de treino, Brunno Hulk, no primeiro UFC de 2024: “Esse cara é meu parceiro de sparring mais constante, trabalha muito todos os dias. Estou realmente feliz que ele tenha conseguido finalmente mostrar seus arremessos de judô e decidir a luta com um nocaute e ganhar um bônus”. Em relação ao desafio que Hulk fez a Sharaputdin Magomedov, que acabou de derrotá-lo no UFC 294, Blindado acredita que seu parceiro de treino não é uma boa combinação para o russo: “Shara não é bom no chão. Mesmo eu não gostando de vinganças, eu acho que o Hulk o levará para baixo e o finalizará ou o nocauteará”, aposta o ex-campeão do M-1 Global.

Perguntado sobre quem vencerá a disputa pelo cinturão em sua categoria no próximo sábado, Blindado apontou o campeão como favorito. “Nenhum dos dois é espelho ou exemplo para mim. Eu realmente não me identifico com nenhum deles, mas acredito que Strickland vencerá por decisão”, finalizou o paraibano radicado em Curitiba.