Cejudo cobra reconhecimento, oferece revanche nos galos e avisa a Dillashaw: ‘Agora vou pegar o seu cinturão’

Com o nocaute relâmpago sobre TJ DIllashaw no último sábado, Henry Cejudo deu uma sobrevida à categoria dos moscas, ameaçada de extinção pelo UFC. Entretanto, embora ratifique o desejo de se manter em seu peso de origem, o campeão adiantou que, no que depender dele, seu próximo compromisso será a revanche contra Dillashaw, só que desta vez valendo o cinturão da categoria de cima.

“Eu preciso sentar e conversar com o Tio Dana White para ver o que faremos. Eu vou ficar muito feliz em lutar com o TJ ou qualquer outro na divisão peso-mosca”, disse ao canal oficial do UFC. “Eu quero aquele cinturão peso-galo. Eu vou dar essa revanche ao TJ. Se ele está meio chateado porque achou que a luta não devia ter sido encerrada, vamos lutar novamente. Dessa vez eu vou para a sua categoria. E eu vou pegar o seu cinturão.”

Campeão olímpico mais jovem da história dos EUA e responsável por interromper o reinado do campeão mais dominante da história do UFC, Cejudo agora quer ser reconhecido como um dos maiores de todos os tempos.

“Estou deixando minha marca na história e vou dizer mais uma vez: campeão olímpico e campeão do UFC, eu tenho DJ (Demetrious Johnson) e TJ (Dillashaw) no meu currículo. Me respeitem, por favor!”