Dana não descarta revanche imediata para Adesanya e elogia córner de Poatan: “Coisa de filme”

0
223

Alex Poatan perdia a luta para Israel Adesanya no UFC 281 do último sábado, quando voltou para seu córner no fim do 4º round. A equipe do brasileiro disse que o desafiante precisava finalizar a luta para ser o novo campeão dos médios do UFC, e a efusividade e sinceridade das orientações valeram elogios do presidente do Ultimate, Dana White, na coletiva após o duelo.

“O córner de Pereira naquele último round foi absurdo, foi coisa de filme! Coloquei os fones para ouvir a tradução do que o córner dizia, e foi incrível! Falavam que ele tinha mais cinco minutos para ser campeão mundial, que deveria acertar combinações. Falavam que ele estava perdendo e tinha que nocautear”, elogiou o chefão, sendo endossado pelo novo campeão.

Córner de Poatan, que, entre outros, tinha Glover Teixeira (Foto: Instagram)

“Eu sabia que essa seria uma luta muito dura. Eu tentei me controlar e manter meu ritmo, mas indo para o último round, meus corners e o Glover me mandaram a real. Eu olhei para ele e perguntei: ‘Eu preciso nocauteá-lo?’. E ele respondeu: ‘Você precisa nocauteá-lo’. Então eu disse: “Ok, vamos fazer isso'”, disse na coletiva pós-luta Poatan, que, entre outros, tinha Glover Teixeira no córner.

Perguntado se Israel Adesanya teria direito à revanche imediata, Dana considerou a possibilidade: “A única derrota de Adesanya foi no peso de cima. Você tem que respeitá-lo como campeão e o que ele fez. Eu não descartaria uma revanche imediata. Ele queria essa luta, ao contrário do que muitos disseram. Ele sempre quer se manter ativo. Era uma luta que a maioria dos caras iria pedir mais tempo, mas ele mergulhou direto nessa luta. Então temos que respeitá-lo”, disse o presidente.

Confira a tradução da coletiva de Dana no vídeo abaixo.