Distak projeta Jacaré x Jon Jones e Eduardo Alonso detalha mudança de adversário de Shogun

https://youtu.be/vDRl82Cbc9Y

O RESENHA PVT dessa terça-feira recebeu os treinadores de dois protagonistas do card do UFC São Paulo, programado para este sábado, dia 16. Na primeira parte do programa, esteve conosco Josuel Distak, responsável pela preparação de Ronaldo Jacaré, que estreia na divisão dos meio-pesados contra Jan Blachowicz, na luta principal.

Vindo de Orlando, EUA, onde o lutador brasileiro treina atualmente, Josuel Distak foi só elogio à performance de Jacaré durante o camp para este novo desafio. Confiante em uma boa estreia, ele arriscou dizer até que, dependendo da performance no sábado, o especialista em Jiu-Jitsu pode até vir a incomodar o campeão dos meio-pesados, Jon Jones, num futuro próximo.

“É uma luta interessante. Vão dizer que é loucura, mas o Jon Jones nunca enfrentou um campeão de Jiu-Jitsu de verdade, que quebrou o braço lutando contra o Roger e não desistiu. E ninguém ainda viu o Jon Jones de costas no chão, como ele vai reagir… será que o Jacaré pode ser esse cara?”, deixou no ar o treinador.

Ainda durante o bate-papo, Distak revelou que deve se mudar de vez para Orlando e criar uma nova equipe ao lado do novo empresário de Ronaldo Jacaré, o fundador da Nova União André Pederneiras.

“Quem meteu a pilha em mim para fazer uma academia em Orlando foi o Dedé Pederneiras. E deixando outro furo, acho que o Brasil vai perder o Dedé também”, disse o treinador, sem entrar em maiores detalhes. “Acho que a gente vai fazer essa união: Distak e Dedé.”

O convidado da segunda parte da transmissão foi Eduardo Alonso, empresário e head coach de Maurício Shogun e Demian Maia. Sobre o meio-pesado, ele detalhou o processo de troca de oponente para a luta deste sábado. Vale lembrar que o adversário original do ex-campeão do Pride e do UFC era Sam Alvey, substituído por Paul Craig devido a uma lesão.

“Luta é luta, mas dificilmente ele vem para surpreender o Shogun na trocação, é pouquíssimo provável. Então cai num material humano que a gente mais fácil, cai numa adaptação de jogo mais fácil. Claro que tem, sim, grandes desafios, porque a gente vinha treinando para um outro tipo de luta, mas é mais fácil se adaptar a ele em duas semanas a se adaptar a um St-Preux, por exemplo, como naquela vez”, explicou.

Em relação a Demian Maia, Eduardo Alonso revelou que Kron Gracie chegou a consultar uma possível ajuda do meio-médio no camp para a luta contra Cub Swanson, realizada em outubro último, mas que, por conta da luta contra Ben Askren, o paulista não pôde viajar.

“Eles queriam que o Demian fosse para lá (EUA), e o Demian até teria um prazer muito grande, todo mundo sabe do carinho que o Demian tem pelo Rickson, mas a gente estava fechando a luta contra o Ben Askren, então não tinha como a gente parar o nosso trabalho. O Demian estendeu o convite, mas, infelizmente, por ‘n’ motivos logísticos, eles acabaram não vindo.”

UFC São Paulo

Sábado, 16 de novembro de 2019

CARD PRINCIPAL (22h, horário de Brasília):

Peso-meio-pesado: Ronaldo Jacaré x Jan Blachowicz
Peso-meio-pesado: Maurício Shogun x Paul Craig
Peso-leve: Charles do Bronx x Jared Gordon
Peso-médio: Antônio Arroyo x André Sergipano
Peso-médio: Markus Maluko x Wellington Turman

CARD PRELIMINAR (19h, horário de Brasília):

Peso-meio-médio: Serginho Moraes x James Krause
Peso-pena: Ricardo Carcacinha x Eduardo Garagorri
Peso-leve: Francisco Massaranduba x Bobby Green
Peso-meio-médio: Warlley Alves x Randy Brown
Peso-pena: Douglas D’Silva x Renan Barão
Peso-mosca: Ariane Lipski x Veronica Macedo
Peso-galo: Vanessa Melo x Tracy Cortez