‘Eu sou o futuro’, afirma o peso pesado Augusto Sakai após terceira vitória consecutiva no UFC

“Hoje (sábado) eu mostrei que eu estou aqui e sou o futuro”, disse o peso pesado brasileiro Augusto Sakai, 28 anos, momentos depois de mandar Marcin Tybura para a lona com golpes impiedosos em menos de um minuto de luta, no último final de semana, no Canadá. Foi o terceiro triunfo consecutivo do atleta de Gile Ribeiro dentro do UFC.

Outros três brasileiros estiveram em ação no card canadense. Pelos meio-pesados, Glover Teixeira precisou suar, mas passou por Nikita Krylov, por decisão dividida, para somar a terceira vitória consecutiva na organização. Já Antônio Cara de Sapato e Michel Pereira, o paraense voador, tiveram que amargar a derrota, ambos por decisão unânime, para Uriah Hall e Tristan Connelly, respectivamente.

Na luta principal, Justin Gaethje conseguiu aplicar um nocaute brutal para cima de Donald Cerrone, com socos, ainda no primeiro assalto. Foi o terceiro triunfo em sequência do ex-campeão do extinto WSOF, que volta a sondar entre os postulantes ao título da divisão dos leves.

UFC Vancouver

Canadá

14 de setembro de 2019

Justin Gaethje venceu Donald Cerrone por nocaute técnico no R1
Glover Teixeira venceu Nikita Krylov por decisão dividida
Todd Duffee x Jeff Hughes foi declarada sem resultado
Tristan Connelly venceu Michel Pereira por decisão unânime
Uriah Hall venceu Antônio Cara de Sapato por decisão dividida
Misha Cirkunov finalizou Jimmy Crute com uma gravata peruana no R1
Augusto Sakai venceu Marcin Tybura por nocaute no R1
Miles Johns venceu Cole Smith por decisão dividida
Hunter Azure venceu Brad Katona por decisão unânime
Chas Skelly venceu Jordan Griffin por decisão unânime
Louis Smolka venceu Ryan MacDonald por nocaute técnico no R1
Austin Hubbard venceu Kyle Prepolec por decisão unânime