Quase quarentão, Glover destaca 2019 vitorioso e rechaça descanso: ‘Quem sabe faço mais uma luta este ano’

A menos de um mês de completar 40 anos de idade, o veterano Glover Teixeira parece um jovem iniciante com bastante apetite, ainda mais com os resultados que vem obtendo este ano. São três vitórias em três lutas; a última, no sábado passado, diante de Nikita Krylov, por decisão dividida, após três rounds de disputa.

“Foi um ano muito bom, tive três vitórias… ainda tem uns três ou quatro meses e, quem sabe, faço mais uma luta ainda este ano…”, afirmou o brasileiro, contrariando aqueles que pensam que, depois dessas três lutas em nove meses, o veterano pediria um tempo para descansar.

Se de idade são quase 40 anos, de carreira o mineiro passa dos 17. Como ele ainda mantém a apetite e consegue duelar com adversários mais jovens? Ele não esconde a receita.

“Amor pelo esporte, disciplina e trabalho duro”, destacou.