GLORY inicia 2020 com cinturão dos penas em jogo e brasileiro em busca da terceira vitória

Gazani vive grande fase - Foto: Glory / Divulgação
Gazani vive grande fase – Foto: Glory / Divulgação

O GLORY começará a temporada 2020 ‘chutando a porta’ em um dos berços mundiais do kickboxing. A edição 75 acontecerá dia 29/2, em Utrecht (Holanda), e a atração principal ficará por conta da disputa do cinturão dos penas (até 65kg), entre o campeão Petch (Tailândia) e o desafiante ucraniano Serhii Adamchuk.

Outro destaque do card será a participação do peso-leve (até 70kg) brasileiro Bruno Gazani, que enfrentará o belga/marroquino Mohammed Hendouf na Super Fight Series. Invicto há dois combates desde a estreia no GLORY 70, em outubro de 2019, o kickboxer paulista espera cravar o 3 a 0 para figurar de vez entre os cabeças da concorrida categoria.

“Fazer a terceira luta em pouco mais de quatro meses mostra que tenho agradado. O nível técnico do GLORY é elevadíssimo. Não basta apenas vencer, tem de convencer e mostrar sempre aquele ‘algo a mais’ em cada perfomance. Espero fazer pelo menos mais três lutas neste ano”, disse Gazani, que também apontou similaridades com o adversário da vez.

“O Hendouf confia muito no volume de golpes e no preparo físico. Somos bem parecidos nisso, então será preciso apostar em diferenciais. Tudo será uma questão estratégica de quando, como e onde atacar. O camp de treinamentos foi praticamente todo baseado nesses fatores”.

Longo Reinado

Campeão dos penas, o tailandês Petch partirá para a quarta defesa do título, desta vez contra o ucraniano Serhii Adamchuk. O desafio atestará a trilogia entre os lutadores, que até agora tem placar de duas vitórias para o thai (edições 39 e 63).

Oriundo do muay thai, Petch está invicto há sete combates e tem mantido o reinado com estilo intenso e marcado pelos chutes e joelhadas demolidoras de esquerda. Adamchuk é mais dinâmico, aposta na movimentação e chutes plásticos, como giratórios e saltados. Ele vem de duas vitórias, a mais recente sobre o russo Alexei Ulyanov, no GLORY 74.

Para assistir

No Brasil, os eventos do GLORY são transmitidos no Youtube (Preliminares e Super Fight Series), além da Numbered Series (Série Numerada) exclusiva no DAZN BR.

GLORY 75

Numbered Series

Petchpanomrung (Tailândia) vs Serhii Adamchuk (Ucrânia) – pena

Hamicha (Marrocos) vs. Dmitrii Menshikov (Rússia) – meio-médio

Yousri Belgaroui (Tunísia) vs. Jakob Styben (Alemanha) – médio

Tyjani Beztati (Marrocos) vs. Michaël Palandre (França) – leve

Super Fight Series


Harut Grigorian (Armênia) vs. Jamie Bates (Grã-Bretanha) – meio-médio

Sergej Maslobojev (Lituânia) vs. Roël Mannaart (Holanda) – meio-pesado

Anissa Meksen (FRA) vs. Jiwaen Lee (Coreia do Sul) – super-galo

Guerric Billet (França) vs. Artur Saladiak (Polônia) – leve

Mohammed Hendouf (Marrocos/Bélgica) vs. Bruno Gazani (Brasil) – leve

Preliminares

Bowie Zonneveld (Holanda) vs. Antonio Campoy (Espanha) – pena

Vincent Foschiani (Alemanha) vs. Sijun Jin (Coreia do Sul) – pena

Lorena Klijn (Holanda) vs. Almira Tinchurina (Rússia) – super-galo