Grandes equipes brilham no Pan-Americano de Jiu-Jitsu da ISBJJA

0
175
Pan-Americano agitou o Rio de Janeiro - MBS Lutas/Divulgação

No último fim de semana, a Arena Carioca 1, no Parque Olímpico do Rio de Janeiro, recebeu a décima etapa do Circuito Nacional Mineirinho de Jiu-Jitsu. Reunindo grandes equipes e atletas, o Pan-Americano da ISBJJA – organizado em parceria com a CBJJD – foi dividido em dois dias, ambos com lutas de alto nível, em especial por conta da pontuação em dobro no ranking 2022/23.

Pan-Americano agitou o Rio de Janeiro – MBS Lutas/Divulgação

No sábado (22), a Top Brother cumpriu a promessa de brigar pelo título por equipes e ficou em primeiro lugar no juvenil, adulto e master, com a Double Five em segundo e a Infight em terceiro. GFTeam e Fábrica de Monstros completaram o Top 5.

Já no domingo (23), o Pan-Americano Kids da ISBJJA, disputado do mirim ao infanto-juvenil, coroou a Double Five como campeã por equipes, seguida por Pride Esportes, GFTeam, Nova União e Top Brother, respectivamente.

No masculino adulto faixa-preta, o grande campeão foi Marlon Ferreira, da GFTeam, ouro meio-pesado e no absoluto após vencer um total de quatro lutas, sendo três por finalização.

“Me senti muito bem e estou feliz pelo meu desempenho. Enfrentei atletas muito duros, mas deu tudo certo. Gosto muito de lutar pela CBJJD (responsável pelo Circuito Nacional Mineirinho de Jiu-Jitsu), é a confederação mais bem organizada do meu ponto de vista, que valoriza os atletas e colabora para a profissionalização do esporte”, analisou Marlon.

Entre os masters, Isaac Guimarães, faixa-preta da equipe César Mailet, brilhou ao conquistar o ouro duplo no master 1, vencendo o peso-leve e o absoluto leve. Atleta de Macaé, Isaac vem brilhando ao longo do Circuito, faturando peso e absoluto em todas as etapas.

“O Pan-Americano da ISBJJA é uma competição de alto nível, com faixas-preta preparados. Apesar de já ser master 2, eu luto no master 1 porque estou focado em ganhar o ranking. A disputa está bem acirrada, mas esse é o meu desafio. Participei e ganhei em todas as etapas do Circuito, no peso-leve e no absoluto, e só posso elogiar o trabalho realizado, com premiação e valorização dos atletas. Agora vou atrás de vencer o ranking”, disse Isaac.

As superlutas, mais uma vez, também foram destaque no evento, com o Desafio Novos Talentos e o Desafio Master levantando o público presente na Arena Carioca 1. A próxima – e penúltima – e etapa do Circuito Nacional Mineirinho de Jiu-Jitsu está marcada para o dia 19 de agosto, em Mato Grosso do Sul, com o Brasileiro Centro-Oeste de Jiu-Jitsu da CBJJD.