Inspirado em Anderson Silva, showman Michel Pereira garante não temer derrota: ‘Importante é agradar o público’

Depois de impressionar em sua estreia no UFC, em maio passado, com uma apresentação irretocável, digna de um showman, que terminou com uma plástica joelhada voadora seguida de um direto impiedoso no queixo de Danny Roberts, o meio-médio Michel Pereira retorna ao octógono, neste sábado, no Canadá, para fazer de Tristan Connelly o mais novo coadjuvante de seus shows.

“A pergunta que mais me faziam era se eu ia fazer no UFC o que eu fazia nos outros eventos. Respondi com firmeza, sabendo que ia fazer, sabendo que ia dar show. Eu luto para dar show, luto para o público. Sou do cara que não luta só para ganhar, vitória e derrota para mim são consequências, para mim, não é muito importante. Importante, para mim, é agradar o público e levar o legado que o Anderson levava, que é dar show para o público, e é o que eu gosto de fazer”, explicou o paraense.

Aos 25 anos de idade, Pereira possui uma experiência de lutador mais velho, com 34 lutas profissionais registradas. Dessas, ele venceu 23, sendo 10 por nocaute e seis por finalização; além de nove derrotas e duas lutas sem resultado.

UFC Vancouver

Canadá

Sábado, 14 de setembro de 2019

CARD PRINCIPAL (21h, horário de Brasília):

Peso-leve: Justin Gaethje x Donald Cerrone
Peso-meio-pesado: Glover Teixeira x Nikita Krylov
Peso-pesado: Todd Duffee x Jeff Hughes
Peso-meio-médio: Michel Pereira x Tristan Connelly
Peso-médio: Antônio Cara de Sapato x Uriah Hall
Peso-meio-pesado: Misha Cirkunov x Jimmy Crute

CARD PRELIMINAR (18h, horário de Brasília):

Peso-pesado: Augusto Sakai x Marcin Tybura
Peso-galo: Cole Smith x Miles Johns
Peso-galo: Brad Katona x Hunter Azure
Peso-pena: Chas Skelly x Jordan Griffin
Peso-galo: Louis Smolka x Ryan MacDonald
Peso-leve: Kyle Prepolec x Austin Hubbard