Judoca brasileiro Gabriel Mendes tem meta de representar Estados Unidos na próxima Olimpíada: “Mal posso esperar”

Gabriel Mendes é um dos melhores atletas de judô nos EUA - Foto: Beatriz Lina
Gabriel Mendes é um dos melhores atletas de judô nos EUA – Foto: Beatriz Lina

Gabriel Mendes, 25 anos, tem 22 medalhas de ouro seguidas e apenas uma de prata em três anos nos Estados Unidos. O brasileiro, que treina sob a supervisão do professor Justin Flores, tem a meta de representar a seleção norte-americana nos próximos Jogos Olímpicos, agendado para 2020, no Japão.

“Hoje eu estou trabalhando duro para representar os Estados Unidos na próxima Olimpíada. Estou de fora das competições que valem ponto para o ranking Internacional, porque só posso começar a competir quando minha transição para os Estados Unidos for concluída. Não posso lutar por nenhum país, então estou aguardando ansiosamente para começar representar os Estados Unidos em competições internacionais”, conta Gabriel, faixa-preta de judô há 10 anos.

Dono de títulos importantes como, por exemplo, medalha de ouro no Us Open, Brazilian Championship e European Cup, Gabriel tem evoluído seu jogo de solo para conquistar cada vez mais medalhas. Vale ressaltar que Mendes ficou em terceiro lugar no mundial de judô também, disputado com 77 países.

“Evolui muito desde quando comecei treinar com o Justin Flores, minha luta no solo melhorou muito. Eu era um atleta que não gostava de lutar no chão e hoje me sinto confiante. Justin foi um excelente atleta internacional de judô e wrestling. Tenho sorte de poder aprender com ele todos os dias”, revela Gabriel, que também é faixa-roxa de Jiu-Jitsu.

Recentemente, Gabriel foi destaque no Fight to Win Pro, onde venceu sua luta casada de judô. O faixa-preta brasileiro é uma peça importante para o crescimento e fortalecimento do judô americano.