PFL firma parceria com Shooto Brasil para torneio peso-leve feminino valendo vaga em GP milionário

De fevereiro a março, lutadores de quatro mercados internacionais participarão de um evento de lutas sem precedentes, competindo duas vezes em uma noite. O vencedor de cada torneio, incluindo o Brasil, ganhará uma vaga na cobiçada temporada de 2020 da PFL e uma chance de lutar pelos cinturões de um milhão de dólares da organização. A temporada de 2020 da PFL começa em maio e será distribuída para 160 países em todo o mundo, incluindo a ESPN2 e ESPN + nos Estados Unidos.

O evento acontecerá na ViVi Arena, no Rio de Janeiro, em parceria com o Shooto Brasil. Quatro lutadoras do peso leve feminino competirão em um torneio com semifinal e final na mesma noite, com a vencedora ganhando uma vaga no torneiro da PFL deste ano. O evento será transmitido no Brasil pelo Canal Combate, a partir das 20h (horário de Brasília).

“A Professional Fighters League fez história ao criar a primeira divisão peso-leve feminino de MMA. Estamos empolgados em inserir novos atletas de nível global nessa categoria de peso por meio de um torneio da IQS no Brasil”, disse Peter Murray, CEO da PFL. “O Brasil é um mercado prioritário para o nosso crescimento internacional e alem disso é um país que produz campeões e atletas de ponta, incluindo a nossa finalista do ano passado, Larissa Pacheco, e o bicampeão da PFL peso-leve, Natan Schulte. Estamos ansiosos para ver qual atleta do Shooto sobreviverá ao teste mais difícil do MMA mundial, fazendo e vencendo duas lutas na mesma noite para obter um contrato com a PFL na temporada de 2020.”

A campeã peso-galo do Shooto, Dayana Silva (8-4), vai subir para 70 quilos para enfrentar Mariana Morais (14-10) em uma das semifinais. Silva e Morais entram na luta após vitórias por decisão unânime sobre Sidy Rocha no Shooto Brasil 95 e Shooto Brasil 99 respectivamente. Do outro lado da chave, Bianca Daimoni (7-3) enfrenta Yana Gadelha (4-0). Daimoni tem seis vitórias no primeiro round e tentará se recuperar de uma derrota no Invicta FC 29. Gadelha segue invencível, com um cartel de 4-0 na carreira, sendo três vitórias por finalização.

Os torneios da IQS serão transmitidos ao vivo pelos parceiros de co-promoção em seus respectivos mercados. A PFL distribuirá as lutas fora desses mercados com seus parceiros oficiais, além de transmitir através do App PFL Live e dos canais digitais da liga no YouTube, Facebook e Twitch.