RESENHA PVT da próxima semana recebe Rei Zulu e seu biógrafo, Bruno Tomé Fonseca

Rei Zulu estará ao vivo ao lado de seu biógrafo, Bruno Tomé Fonseca – Foto: Arquivo Pessoal

O RESENHA PVT da próxima terça-feira recebe dois convidados ilustres: a lenda do Vale-Tudo brasileiro Casimiro de Nascimento Martins, o Rei Zulu, e seu biógrafo, Bruno Tomé Fonseca, membro da Academia Ludovicense de Letras e procurador do Estado do Maranhão. Eles entrarão ao vivo, a partir das 21h, diretamente do icônico Teatro Arthur Azevedo, com mais de 200 anos de fundação, localizado na capital maranhense.

Para não perder nada e poder participar enviando sua pergunta, acesse o canal do PVT no Youtube (clicando aqui), se inscreva e ative o sininho de notificação para ser avisado assim que estivermos no ar.

Aos 72 anos de idade, Rei Zulu é uma das grandes figuras históricas do Vale-Tudo brasileiro. Oriundo do Tarracá, um estilo de luta maranhense que mistura tradições indígenas e africanas, o ex-lutador contabiliza em seu currículo um total de 165 combates, com 155 vitórias e 10 derrotas. Além disso, lutou até os 63 anos de idade.

Rei Zulu ganhou fama no Brasil ao viajar pelo país desafiando lutadores locais. Até enfrentar Rickson Gracie, o maranhense estava invicto, com 150 lutas disputadas. Porém, contra o representante da família que desenvolveu o Jiu-Jitsu brasileiro, Zulu sofreu duas derrotas, em 1980 e 1984. Uma de suas maiores vitórias foi contra o hoje empresário do ramo do Boxe e do Kickboxing Sergio Batarelli, em 1984.