Vídeo: Amanda Lemos coloca adversária para dormir em retorno ao UFC

Mais de dois anos depois de assinar com o UFC, a paraense Amanda Lemos finalmente sentiu o gostinho de ter o braço levantado. Após a derrota na estreia, para Leslie Smith, e um gancho por doping, a brasileira retornou ao octógono nesse final de semana, na Coréia, e apagou Miranda Granger com um mata-leão no primeiro round.

“Essa categoria é a minha. Cheguei no peso-palha, estou aqui”, cravou Amanda Lemos, que fez sua luta de estreia na organização ainda na divisão dos galos feminino.

UFC Coréia do Sul

21 de dezembro de 2019

Chan Sung Jung venceu Frankie Edgar por nocaute técnico no R1
Volkan Oezdemir venceu Aleksandar Rakic por decisão dividida
Charles Jourdain venceu Doo Ho Choi por nocaute técnico no R2
Da Un Jung venceu Mike Rodriguez por nocaute no R1
Jun Yong Park venceu Marc-André Barriault por decisão unânime
Kyung Ho Kang venceu Pingyuan Liu por decisão dividida
Ciryl Gane venceu Tanner Boser por decisão unânime
Seung Woo Choi venceu Suman Mokhtarian por decisão unânime
Omar Morales venceu Dong Hyun Ma por decisão unânime
Alexandre Pantoja venceu Matt Schnell por nocaute no R1
Raoni Barcelos venceu Said Nurmagomedov por decisão unânime
Amanda Lemos finalizou Miranda Granger com um mata-leão no R1
Alateng Heili venceu Ryan Benoit por decisão dividida