Vídeo: o nocaute devastador de Leo Santos no UFC Suécia

Os quase três anos afastado do octógono não foram suficientes para tirar Leo Santos da forma. O faixa preta de Jiu-Jitsu mandou Steven Ray para a lona como um pugilista de origem ainda no primeiro round no UFC desse final de semana realizado em Estocolmo, na Suécia.

“O meu plano era levá-lo para o chão no primeiro round e trabalhar meu Jiu-Jitsu, mas eu não encontrei a distância para derrubá-lo. Então busquei meu Boxe, meu Muay Thai… e quando vi, a minha mão direita foi nele”, revelou o peso leve brasileiro.

Aos 39 anos de idade, Leo Santos não sabe o que é derrota desde maio de 2009. No UFC desde 2013, o campeão do TUF Brasil 2 venceu seis das sete lutas que disputou, e empatou uma.

No mesmo card, Duda Cowboyzinha estreou no UFC com derrota. A peso-galo brasileira até teve um primeiro round bom, mas acabou finalizada com um mata-leão pela sueca Bea Malecki.

Na luta principal, o anfitrião Alexander Gustafsson foi finalizado por Anthony Smith com um mata-leão e anunciou a aposentadoria, aos 32 anos de idade.

UFC Suécia

Estocolmo

1º de junho de 2019

Anthony Smith finalizou Alexander Gustafsson com um mata-leão no R4
Aleksandar Rakic venceu Jimi Manuwa por nocaute no R1
Makwan Amirkhani finalizou Chris Fishgold com um triângulo de mão no R2
Christos Giagos venceu Damir Hadzovic por decisão unânime
Daniel Teymur venceu Sung Bin Jo por decisão unânime
Sergey Khandozhko venceu Rostem Akman por decisão unânime
Lina Lansberg venceu Tonya Evinger por decisão unânime
Léo Santos venceu Stevie Ray por nocaute no R1
Frank Camacho venceu Nick Hein por nocaute técnico no R2
Bea Malecki finalizou Duda Cowboyzinha com um mata-leão no R2
Devin Clark venceu Darko Stosic por decisão unânime
Joel Alvarez venceu Danilo Belluardo por nocaute técnico no R2