Zé Mario Sperry é o convidado do RESENHA PVT desta terça-feira; participe

Zé Mário avaliou como deve ficar o cenário do Jiu-Jitsu após a pandemia - Foto: Marcelo Alonso
Zé Mário estará disponível a perguntas dos fãs- Foto: Marcelo Alonso

O convidado do RESENHA PVT desta terça-feira é Zé Mario Sperry. Faixa-preta de Carlson Gracie e um dos fundadores da icônica Brazilian Top Team, “Zé Máquina”, como era chamado, bate um papo ao vivo com Gleidson Venga, Marcelo Alonso e você, a partir das 21h, no canal do PVT no Youtube

Para não perder o programa, acesse este link, se inscreva em nosso canal e ative o sininho de notificação. Assim, você será notificado imediatamente quando a transmissão for iniciada.

Hoje com 52 anos de idade, Zé Mário é um dos faixas-pretas mais respeitados da Carlson e foi um dos cabeças da criação da BTT. Em ação, era considerado um dos lutadores mais técnicos da equipe. No MMA, venceu 13 das 17 lutas que disputou, teve passagem por Pride FC e Cage Rage.

No Jiu-Jitsu, dispensa comentários. Em 1998, foi campeão mundial peso e absoluto tanto de kimono quanto sem, no ADCC. Nas superlutas do ADCC, venceu nomes como Renzo Gracie e Fábio Gurgel, em 2011 e 2013, respectivamente.

Como treinador, afiou o jogo de lutadores como Rodrigo Minoaturo, Rogério Minotouro, Ricardo Arona, Paulão Filho e Vitor Belfort, na BTT. Anos depois, ajudou a fundar a Blackzilians, já nos EUA.