Algoz de Adesanya, Alex Poatan renova contrato com o GLORY: ‘Defenderei meu cinturão por muito tempo’

Campeão aumentou sua coleção de títulos - Foto: Divulgação/GLORY
Campeão está de contrato renovado – Foto: Divulgação/GLORY

Campeão dos médios (até 85kg) do GLORY, o brasileiro Alex “Poatan” Pereira acaba de renovar contrato com a organização de kickboxing. “Poatan” domina a categoria desde outubro de 2017, quando tomou o cinturão do então campeão Simon Marcus (Canadá), no GLORY 46, que aconteceu em Guangzhou (China).

Desde então, o atleta paulista fez três defesas de título. O nocaute espetacular no primeiro round sobre o holandês/tunisiano Yousri Belgaroui, no GLORY 55 (julho de 2018) foi um dos mais votados como ‘melhor do ano’ nas enquetes oficiais da organização.

Além das vitórias sobre Belgaroui e Marcus, o recorde profissional de “Poantan” inclui triunfos sobre Israel Adesanya (hoje em destaque no UFC), Dustin Jacobi e o ex-campeão do ‘It’s Showtime’ Sahak Parparyan.

Descendente de nordestinos e indígenas, “Poatan” significa ‘mão de pedra’ na linguagem Tupi. O apelido foi dado por um dos primeiros treinadores ainda nos tempos de amador, quando cravou 25 vitórias consecutivas por nocaute.

O apreço às origens acompanha o lutador desde as entradas para o ringue, quando realiza uma antiga dança de nativos guerreiros e dispara uma “flecha imaginária”, com intuito de intimidar os adversários.

“É só dar uma olhada nas atuações mais recentes para entender porque Alex Pereira é um dos pesos-médios mais perigosos do mundo”, disse o CEO do GLORY, Marshall Zelaznick.

“São 60% das vitórias conquistadas pela via rápida. Isso não é nada fácil com o nível técnico elevadíssimo que temos. Pereira sempre entra no ringue para decidir. É por isso que os fãs do mundo todo o adoram, e não medimos esforços para renovar o contrato com o GLORY por mais dois anos, pelo menos”, completou.

“Poatan” nasceu e mora em São Bernardo do Campo (São Paulo) até hoje. Recentemente, passou dois meses em Los Angeles (EUA), como integrante da equipe de Anderson ‘The Spider’ Silva. A empreitada também o fez mudar de ares profissionais, e o colocou sob a tutela do empresário Jorge Guimarães (Joinha), que comanda a carreira de muitas estrelas nacionais do MMA, como o próprio Anderson Silva, Lyoto Machida, entre outros.

“Me orgulho muito de ser um lutador do GLORY e representar o Brasil no maior palco de kickboxing do mundo. Tenho uma grande responsabilidade como campeão, mas isso sempre rende motivação extra. Com essa nova gestão (de carreira), estou muito mais à vontade e pronto para encarar qualquer desafio. Vivemos uma realidade dura no Brasil, mas sou a prova viva de que todo mundo tem chance de vencer na vida”, afirmou o lutador.

“Defenderei meu cinturão por muito tempo ainda. O foco agora está redobrado, e meus adversários podem se preparar para o pior em cima daquele ringue”, completou.

O primeiro desafio de “Poatan” sob o novo contrato será anunciado em breve.