Indiano dá show, nocauteia em 18 segundos e faz história no Thunder Fight 21

Nocaute definiu o vitorioso - Foto: Foto: Divulgação/Thunder Fight
Nocaute definiu o vitorioso – Foto: Foto: Divulgação/Thunder Fight

Realizado na última terça-feira (17), no Clube Atlético Juventus, em São Paulo, o Thunder Fight 21 Shockwave contou com um evento eletrizante e histórico para os fãs de MMA e outras modalidades. O grande destaque ficou por conta de Rupjyot Choudhary. O indiano deu show e precisou de apenas 18 segundos para derrotar Valdiran Oliveira, aplicando o nocaute mais rápido da história da organização e levando o público presente à loucura.

Com duelos espetaculares, a edição contou com sete nocautes ao todo. Na luta principal, Luiz Fernando travou uma batalha de três rounds diante de Willian “Bad Boy”, mas saiu vencedor por decisão unânime dos jurados. No co-main event da noite, Hugo Paiva fez mais uma vítima no MMA profissional ao nocautear Vander Ferreira de forma arrasadora, ainda no round inicial. Outras vitórias incríveis foram protagonizadas por José Jandio e Netto Maccari, que aplicaram belos nocautes sobre Estivenson Dalsin e Diógenes Paulino, respectivamente.

No card amador do evento, mais combates de alto nível, com quatro nocautes em quatro lutas. Além do indiano Rupjyot Choudhary, outro destaque foi Gabriel Sharingan, que travou uma batalha diante de Igor Pedote e levou a melhor após nocautear o rival no terceiro assalto. Além disso, Humberto Martins e Luã Barreto também fizeram a festa dos torcedores com belas vitórias contra seus respectivos oponentes.

Thunder Fight 21
Terça-feira, 17 de dezembro de 2019
Clube Atlético Juventus, em São Paulo

Luiz Fernando venceu Willian Bad Boy por decisão unânime dos jurados

Hugo Paiva venceu Vander Ferreira por nocaute no 1R

José Jandio venceu Estivenson Dalsin por nocaute no 2R

O duelo entre Caio Victor e Mini Hulk terminou em empate

Netto Maccari venceu Diógenes Paulino por nocaute no 2R

Cristiano Macedo venceu Otávio Almeida por decisão dos jurados

Rian Martinazzo venceu Clbert Diogo por finalização no 1R

Luã Barreto venceu Tadeu Conceição por nocaute no 2R

Humberto Martins venceu João Paulo por nocaute no 1R

Gabriel Sharingan venceu Igor Pedote por nocaute no 2R

Rupjyot Choudhary venceu Valdiran Oliveira por nocaute no 1R