Treinador de Cejudo garante: “Ele vai salvar a divisão dos moscas”

Albarracin (de óculos) acredita que Cejudo irá evitar o fim da divisão dos moscas (Foto: Jeff Bottari/UFC)
Albarracin (de óculos) acredita que Cejudo irá evitar o fim da divisão dos moscas (Foto: Jeff Bottari/UFC)

Depois de protagonizar uma das grandes surpresas de 2018 ao destronar Demetrious Johnson na divisão dos moscas, Henry Cejudo volta ao octógono neste sábado para encarar TJ Dillashaw. O duelo de campeões será válido pelo título de Cejudo, e o head coach dele, Eric Albarracin, garantiu em entrevista exclusiva ao PVT que seu atleta está em ótima forma para o duelo.

“Os treinos foram ótimos, foi o melhor camp da vida dele. Foram só sete semanas, porque mudaram a data e o evento saiu da Califórnia para Nova York. Acho até que isso foi uma vantagem”, disse Albarracin, que contou sobre a nova aquisição para reforçar os treinos do campeão, “Ele evoluiu muito nas outras áreas. No Jiu-Jitsu, no ground and pound, e a gente trouxe um treinador de Kickboxing da Holanda. O treinador do Dillashaw é o Duane Ludwig, ele tem um sistema de muay thai que tem uma combinação que se chama Souwer Combo, do Andy Souwer, um cara que foi 22 vezes campeão mundial, e a gente pegou o treinador dele. Agora, a parte de strike dele é melhor que a do TJ Dillashaw”.

Após alguns aguardados combates realizados na temporada passada entre estrelas da organização, Albarracin acredita que a verdadeira super luta será realizada neste sábado no encontro dos dois campeões. E não poupa elogios para o adversário.

“O jogo dele é muito bom, ele cria muitos angulos, usa muita finta, tem bons chutes, bons golpes, sabe como entrar no Wrestling. É completo! É o melhor peso galo de todos os tempos. Essa é uma super luta de verdade. A do Conor McGregor contra o Nurmagomedov foi um show. Os pontos fortes de Khabib eram os pontos fracos do Conor. Essa luta vai ser demais, o melhor peso mosca contra o melhor peso galo. Isso é uma super luta”.

Embora conheça os rumores de que a divisão dos moscas vai acabar, Albarracin acredita que tudo pode mudar em caso de vitória do seu pupilo neste sábado.

“Cejudo vai salvar a divisão. Ele vai colocá-la em cima dos ombros dele e vai salvar a divisão neste dia 19 de janeiro. O Rei do Combate é um peso mosca, é um campeão olímpico, campeão do UFC que derrotou o melhor peso galo de todos os tempos. Eles não vão acabar com essa divisão. Ele está pronto para colocarem tudo em cima dele. Pode colocar a medalha de ouro, o cinturão”.

Albarracin chegou ao Brasil no início desta década e foi treinador de Wrestling do Team Nogueira. Depois, criou uma relação com os irmãos Patrício e Patricky Pitbull, e está sempre na equipe dos astros do Bellator, em Natal. O treinador não poupou elogios aos irmãos brasileiros e também avisa que ainda tem muito a fazer no MMA.

“Sou treinador do Cejudo e dos irmãos Pitbull, então sempre tento juntá-los. A primeira grande evolução do Cejudo veio quando o levei para treinar no Brasil na equipe Pitbull Brothers. E com certeza vamos treinar juntos de novo”, disse, “O Wrestling é nosso primeiro amor, então um dos melhores momentos da minha vida foi quando Cejudo ganhou as Olimpíadas em 2008. Com o UFC veio mais publicidade, estamos muito mais reconhecidos agora, e isso é legal também. Pude treinar o Cejudo, Patrício e Patricky Pitbull, Paulo Borrachinha, entre outros, e é uma honra treinar atletas como eles, que são talentosos, fazem tudo que você pede. Agora fui indicado como treinador do ano de 2018. É muito legal, estou recebendo muitos elogios. Não vamos parar agora, vamos continuar treinando e vou criar lendas”.