UFC 234: sem lutar desde 2017, Anderson Silva volta ao octógono e é azarão nas cotas do OddsShark diante de invicto Israel Adesanya

O Ultimate Fighting Championship abrirá alas para um retorno de peso ao octógono mais famoso do mundo: o veterano Anderson Silva. Ex-campeão da organização no peso meio-médio (até 83,9kg) e dominante durante sete anos, inclusive sendo considerado por muitos especialistas como o melhor lutador de todos os tempos, o curitibano terá pela frente um cara muito casca-grossa: Israel Adesanya. O confronto está marcado para o dia 09 de fevereiro, no UFC 234, realizado em Melbourne, na Austrália, mas, claro, por aqui você fica sabendo tudo a respeito do duelo e já pode correr para lucrar muito com as apostas esportivas. Segundo as cotas do Oddsshark.com, o brasileiro aparece como grande azarão com sua vitória pagando R$5,25 para cada real apostado, ao passo que o seu oponente está custando apenas R$1,15. Sem lutar desde 2017, talvez se justifique essa atual condição do ídolo tupiniquim, mas…será que o confronto é tão desigual assim? Confira a nossa análise!

Peso médio (até 83,9kg) – (R$1,15) Israel Adesanya x Anderson Silva (R$5,25) – Palpite: vitória de Israel Adesanya

Israel Adesanya

Reconhecidamente um dos maiores kickboxers do mundo, Adesanya é um atleta natural da Nigéria que, com apenas 29 anos, assombra o mundo do MMA com aparições marcantes e nocautes memoráveis. Sua estreia profissional na modalidade aconteceu em 2012, coincidentemente no mesmo ano que Anderson Silva venceu pela última vez em seu auge. Para chega ao UFC Israel precisou provar por A+B que era capaz de ser um grande lutador. Foi assim que ele passou por oito organizações até chegar na maior de todas.

Sua estreia no UFC aconteceu em fevereiro de 2018, quando nocauteou Rob Wilkinson. No mesmo ano ele fez mais três lutas e por isso chega com ótima forma física e com ritmo de luta. Com 29 anos de idade, seu cartel conta com 15 lutas e 100% de aproveitamento, sendo 13 vitórias por nocaute e duas por decisão dos juízes.

Com 1,93m de altura e envergadura de 2,03m, além de muita energia e diferentes golpes contundentes, é fácil entender os motivos que fazem o jovem aparecer como franco favorito nas apostas online diante de um atleta envelhecido e desacreditado após tanto tempo sem vitória e encostado por causa de doping. Mas é preciso muito cuidado antes de cravar que o nigeriano sairá com o braço erguido.

Anderson Silva

Um dos lutadores mais respeitados de todos os tempos; dono de um repertório infinito de golpes; muito experiente e campeão nato. Este é Anderson Silva, atleta que, aos 43 anos de idade, busca recuperar o tempo perdido por causa de seguidos casos de doping. Seu auge aconteceu entre 2006 e 2012, quando venceu incríveis 17 lutas consecutivas, incluindo 14 defesas de cinturão. Em 2013 foi nocauteado por Chris Weidman em julho e em dezembro, na revanche, sofreu uma série lesão na canela que acabou dando novamente a vitória para o norte-americano.

Desde então sua carreira virou de ponta cabeça. Em janeiro de 2015 enfrentou Nick Diaz e venceu, mas teve sua vitória anulada após ser flagrado no doping. Seu retorno aconteceu em 2016, mas, por decisão unânime dos juízes, foi derrotado por Michael Bisping e Daniel Cormier, respectivamente. Em 2017 encarou Derek Brunson e saiu com o triunfo, mas, desde então, manteve-se afastado do octógono por causa de mais um flagrante do doping, dessa vez em exame surpresa, durante treinamento.

Com 43 anos e um cartel que engloba 43 lutas, Spider tem 38 vitórias (22 nocautes, quatro finalizações e oito decisões) e oito derrotas (dois nocautes, duas finalizações, três decisões e uma considerada “outras”), além de uma luta sem resultado. Seu retorno é muito aguardado e poderá ser épico diante de um jovem talento.

Palpite

Mais alto, mais forte, mais jovem, mais rápido e com muito mais ritmo de luta, tudo parece ser a favor do nigeriano. Por isso, já adianto que investir nele é a opção mais segura no Oddsshark.com, sem dúvidas. Entretanto, temos que lembrar que do outro lado estará um veterano extremamente talentoso, dono de muitas artimanhas e cheio de sede de vitória, além de estar specialmente motivado pelas palavras do presidente do UFC, Dana White, que afirmou “…um triunfo contra Adesanya pode dar a chance de Anderson Silva disputar o cinturão novamente”. Por isso, tenha muita calma antes de pegar o seu dinheiro e investir em Israel. Saiba que R$100,00 investidos no ex-campeão podem te render incríveis R$425,00 de lucro líquido, e olha que não estamos falando de nada impossível. Fica a seu critério ser mais contido ou ter fé na experiência e na história.

Cotas para as lutas do UFC 234 realizado no dia 09 de janeiro

Peso médio (até 83,9kg) – (R$1,38) Robert Whittaker x Kelvin Gastelum (R$3,00) – Palpite: vitória de Robert Whittaker

Peso médio (até 83,9kg) – (R$1,15) Israel Adesanya x Anderson Silva (R$5,25) – Palpite: vitória de Israel Adesanya

Peso mosca (até 52,2kg) – (R$1,43) Montana De La Rosa x Nadia Kassem (R$2,80) – Palpite: vitória de Nadia Kassem

Peso meio-pesado (até 92,9kg) – (R$1,74) Ryan Spann x Jim Crute (R$2,05) – Palpite: vitória de Ryan Spann

Peso galo (até 61,2kg) – (R$1,50) Jonathan Martinez x Wuliji Buren (R$2,60) – Palpite: vitória de Wuliji Buren

Peso mosca (até 56,7kg) – (R$1,43) Kai-Kara France x Raulian Paiva (R$2,80) – Palpite: vitória de Kai-Kara France

Peso-pena (até 65,7kg) – (R$1,37) Shane Young x Austin Arnett (R$3,15) – Palpite: vitória de Shane Young

Peso galo (até 61,2kg) – (R$1,29) Kyung Ho Kang x Teruto Ishihara (R$3,65) – Palpite: vitória de Teruto Ishihara

Peso galo (até 61,2kg) – (R$1,67) Ricky Simon x Rani Yahya (R$2,20) – Palpite: vitória de Ricky Simon