UFC Fortaleza – Parte 3: apesar dos 41 anos e de ter perdido suas últimas três lutas, Demian Maia é favorito à vitória contra Lyman Good, segundo as cotas do OddsShark

O Centro de Formação Olímpica do Nordeste, em Fortaleza, promete pegar fogo neste sábado (02 de fevereiro) com o UFC Fight Night 144. O evento marcará o retorno do ex-campeão José Aldo ao octógono mais famoso do mundo. Seu desafio será bastante complicado, uma vez que medirá forças com Renato Moicano, que ocupa a 4ª posição no ranking do peso leve (até 65,7kg). O vencedor desse disputa ficará mais próximo de disputar o cinturão com Max Holloway, atual campeão e algoz de Aldo em duas ocasiões. Apesar da presença do manauara, a principal luta da noite ficará por conta da revanche entre Raphael Assunção e Marlon Moraes, pelo peso galo (até 61,2kg). Após você saber tudo sobre Thiago Alves x Max Griffin na Parte 1 e sobre Charles do Bronx x David Teymur na Parte 2 antes de apostar no Oddsshark.com, chegou a vez de nos aprofundarmos no embate entre o veterano Demian Maia e o norte-americano Lyman Good. Confira nossa análise e fique por dentro das apostas esportivas.

Peso meio-médio (até 77,1kg) – (R$1,57) Demian Maia x Lyman Good (R$2,45) – Palpite: vitória de Lyman Good

Demian Maia

O paulista de Santana da Parnaíba fez sua estreia no UFC em outubro de 2007 após longa carreira no jiu-jitsu, onde conquistou cinco mundiais e ostenta a faixa preta em quarto grau. No MMA profissional desde 2001, Demian é o brasileiro que tem mais vitórias dentro da organização, totalizando 19. Vários nomes de peso já dividiram o mesmo octógono que ele, tais como: Anderson Silva, Carlos Condit, Jake Shields, Jon Fitch, Rick Story, Chris Weidman, Chael Sonnen e outros. É bem verdade que nem sempre ele saiu vitorioso, mas suas atuações foram suficientes para que ele seja muito respeitado.

Seu cartel conta com 25 vitórias (12 por finalização, três por nocaute e 10 por decisão) e nove derrotas (uma por nocaute e oito por decisão). O problema é que a sua última vitória aconteceu em maio de 2007. Desde então foram três derrocadas consecutivas que o colocaram em situação complicada no UFC. Em maio do ano passado a organização precisou de alguém de última hora para encarar Kamaru Usman, e Demian aceitou o desafio. Porém, o atleta colocou como contrapartida a cláusula de renovação do seu contrato. Isso pode dar uma tranquilidade a mais diante de Lyman Good.

Finalizador nato e dono de um dos melhores jogo de chão do mundo, Maia é capaz de vencer qualquer oponente com seu estilo de luta. Seu maior problema, no entanto, é seu pouco poder de nocaute e falta de intensidade para colocar pressão de maneira eficiente, tanto que em mais de uma oportunidade o público vaiou suas lutas. Seu favoritismo nas apostas online se dá por causa da experiência e do maior domínio em uma área que costuma ser mais eficaz.

Lyman Good

Aos 33 anos de idade, Good só fez sua estreia no UFC em julho de 2015. Desde então foram apenas mais dois confrontos dentro da maior organização de MMA do mundo, somando duas vitórias e uma derrota. Com 25 lutas no cartel, sendo 20 vitórias, quatro derrotas e um “sem resultado”, seu currículo não chega a impressionar, pelo menos não quando comparado à sua maior virtude: a força física.

Seus 10 nocautes demonstram sua predileção por manter a luta em pé, e tudo indica que será assim em Fortaleza. Seu maior desafio diante de Demian Maia será manter a distância e trabalhar as combinações de golpes, tentando sempre tirar proveito da sua maior envergadura, velocidade e força. Se ele permitir que Maia o derrube, então terá muitos problemas para evitar a finalização. É tão simples quanto isso.

Palpite

Essa é uma luta que podemos definir como sendo 8 ou 80. Os estilos dos atletas são completamente diferentes e existe uma clara vantagem em determinados segmentos. A maior virtude de Good vai ser a pujança e o vigor físico, a disposição para trocar e conseguir manter Demian pressionado. O brasileiro precisará trabalhar dentro do que domina e otimizar suas valências sendo o mais eficiente possível. Quanto mais tempo a luta demorar, pior será para Maia. Por isso, é preciso dizer que, apesar do favoritismo tupiniquim nas cotas do Oddsshark.com, investir nele é um tanto arriscado.

Meu palpite é de vitória do norte-americano porque acredito que, neste caso especificamente, a juventude se sobressairá frente a experiência, uma vez que o estilo de Demian depende de algo que sobra em Lyman: fôlego. Se você investir R$100,00 no azarão poderá ter lucro líquido de R$145,00.

Cotas para o UFC Fight Night 144 realizado neste sábado (02 de fevereiro)

Peso galo (até 61,2kg) – (R$1,53) Marlon Moraes x Raphael Assunção (R$2,55) – Palpite: confira a parte 5

Peso-pena (até 65,7kg) – (R$1,71) Renato Moicano x José Aldo (R$2,10) – Palpite: confira a parte 4

Peso meio-médio (até 77,1kg) – (R$1,57) Demian Maia x Lyman Good (R$2,45) – Palpite: vitória de Lyman Good

Peso leve (até 70,3kg) – (R$1,83) David Teymur x Charles do Bronx (R$1,91) – Palpite: vitória de Charles do Bronx

Peso meio-pesado (até 92,9kg) – (R$1,44) Johnny Walker x Justin Ledet (R$2,80) – Palpite: vitória de Johnny Walker

Peso mosca (até 52.2kg) – (R$1,42) Livinha Souza x Sarah Frota (R$2,70) – Palpite: vitória de Livinha Souza

Peso médio (até 83,9kg) – (R$1,54) Anthony Hernandez x Markus Maluko (R$2,50) – Palpite: vitória de Anthony Hernandez

Peso galo (até 61,2kg) – (R$1,63) Taila Santos x Mara Maravilha (R$2,30) – Palpite: vitória de Taila Santos

Peso meio-médio (até 77,1kg) – (R$1,44) Max Griffin x Thiago Alves (R$2,75) – Palpite: vitória de Thiago Alves

Peso-pesado (até 120,2kg) – (R$1,87) Jairzinho Rozenstruik x Júnior Albini (R$1,88) – Palpite: vitória de Júnior Albini

Peso galo (até 61,2kg) – (R$1,83) Ricardo Ramos x Said Nurmagomedov (R$1,91) – Palpite: vitória de Said Nurmagomedov

Peso mosca (até 56,7kg) – (R$1,22) Magomed Bibulatov x Rogério Bontorin (R$4,25) – Palpite: vitória de Rogério Bontorin